Otimize a relação com seus fornecedores e qualifique suas operações de Logística Inbound, com organização e agilidade a partir da automatização de processos relacionados com recebimento de carga.

Acompanhe indicadores de desempenho logístico e eleve o nível de suas operações de Logística Outbound com a integração de processos e automatização da troca de informações para maior visibilidade e eficiência de sua gestão.

Obtenha dados de suas vendas no varejo e de distribuidores para aumentar vendas, reduzir rupturas e perdas com informações compartilhadas para estruturar seus processos e auxiliar seu gerenciamento.

Aumente a sua demanda de transportes e seja encontrado por Embarcadores de todo o país.

Facilite a comunicação entre sistemas de gestão e diferentes bancos por meio da transferência de arquivos de forma ágil, íntegra e segura.

    Um sistema capaz de atender os processos de negócios de seus clientes empresariais sem necessitar o investimento em desenvolvimento de sistemas internos.

    O PagPlan é uma solução que permite o pagamento das principais contas de concessionárias (como água, luz, gás, etc.) e DETRANs: utilizando o cartão de crédito como meio de pagamento.

      O EDI Business é uma solução altamente customizável para gestão operacional e estratégica de arquivos.

      O EDI Enterprise oferece uma infinidade de recursos de intercâmbio de informações baseado em um conjunto de regras de envio e recepção, múltiplos protocolos de comunicação, além de topologia altamente flexível.

      Inovação e tecnologia aplicados a emissão, recebimento e armazenamento de documentos fiscais eletrônicos.

      Tecnologia para conectar transportadoras e embarcadores com inteligência e compliance.

      Blog

      Logística Outbound

      Logística omnichannel: entenda quais são os principais desafios

      1 ano atrás - por:

      logística omnichannel

      A palavra-chave que define a logística omnichannel é integração. Seja entre os elos da cadeia de suprimentos ou entre os processos de distribuição. Embora seja uma tendência pouco explorada, as empresas que adotam esse conceito estão conquistando resultados positivos.

      Isso demonstra que é possível inovar nos modelos de entrega e diversificar as opções oferecidas aos clientes. Tudo isso ajuda a integrar fabricantes, distribuidores e varejistas que utilizam essa solução para garantir o atendimento da demanda do mercado.

      É por isso que, no decorrer deste artigo, vamos explorar quais são os principais desafios desse conceito antes de adotar esse modelo de atendimento. Que tal conhecer mais sobre o assunto? Descubra!

      O que é logística omnichannel?

      A logística omnichannel possibilita que empresas personalizem a forma como os pedidos são adquiridos, processados e transportados. O objetivo é adaptar esse processo para atender as necessidades dos compradores e oferecer mais comodidade e conforto.

      Essa estratégia vale tanto para as lojas físicas como para o comércio online. Assim, é preciso contar com tecnologias que permitam gerenciar esse processo de forma sistêmica e econômica.

      O desenvolvimento desse modelo tem origem na busca por soluções que otimizem a experiência de compra e sejam capazes de atender as expectativas do consumidor. Por isso o surgimento de entrega expressa, a oferta de pontos de coleta e variadas plataformas de compra são a base dessa mudança.

      Para que isso seja possível, é essencial sincronizar a gestão do estoque em armazéns e em trânsito, o planejamento da logística e os canais de venda. Esse é um esforço que otimiza toda a operação e ajuda a conquistar clientes.

      Quais são os desafios da logística omnichannel?

      Geralmente, o processo de entrega de mercadorias parte do fabricante até o destinatário, porém a infraestrutura de distribuição fica a critério de cada empresa. Essa é uma questão de selecionar a alternativa que faz mais sentido financeiramente.

      Por isso, a logística omnichannel é vista como uma solução devido a sua relação custo-benefício. Ainda assim, existem desafios que impedem que essa estratégia atinja o sucesso desejado e o gestor logístico deve estar preparado para contorná-las.

      Falta de visibilidade sobre o inventário

      Essa é a principal causa da ruptura de estoque, ou seja, quando o cliente tem interesse em adquirir um produto, mas descobre que não é possível concluir a compra, pois está em falta.

      Datas comemorativas, períodos sazonais ou durante promoções são as datas nas quais essas ocorrências são mais comuns. Esse cenário pode se manifestar de duas formas:

      • na loja física: devido a problemas no dimensionamento da demanda ou por causa de uma súbita procura os estoques não suficientes para atender aos compradores;
      • na loja online: quando o estoque não é atualizado em tempo real, o cliente pode fechar um pedido com itens que não estão disponíveis. Isso gera reclamações, atraso na entrega e a necessidade de estorno dos valores pagos.

      Esses problemas são causados pela falta de informação sobre o estoque, o que gera uma situação em que compromissos não podem ser cumpridos. Para contornar esse problema é essencial desenvolver controles de inventário precisos.

      Além disso, o controle de armazém pode ser uma ferramenta de gestão, porque ajuda a prever a demanda e a planejar a necessidade de abastecimento conforme necessário.

      Gerenciamento do processo de transportes

      Justamente por causa da diversidade de canais de compra e remessa é que o gestor se depara com dificuldades de acompanhar o andamento das entregas. Embora a proposta seja vantajosa, a diferenciação entre a entrega no destinatário e no ponto de retirada requerem controles distintos.

      Quando o cliente opta por realizar a retirada da compra quando for mais conveniente, o remetente não tem a resposta de que o pedido foi entregue corretamente. Por isso, além de manter o cumprimento dos prazos é preciso manter um controle até a sua conclusão.

      Isso também entrega a atividade de pós-venda que busca processar os casos de mercadorias devolvidas, avariadas e solicitações de troca. Assim, é fundamental mobilizar toda a cadeia para garantir o andamento da distribuição.

      Não contar com parceiros logísticos confiáveis

      O prazo de entrega é um dos fatores que influenciam de forma significativa a decisão de compra. Por isso, tanto o lojista quanto seus transportadores devem estar alinhados sobre as expectativas de atendimento dos prazos.

      É preciso desenvolver uma relação de confiança para garantir que os pedidos serão entregues corretamente e dentro do prazo. Essa avaliação vale também para o processo de logística reversa que deve ser pensado com base na possibilidade de devolução dos itens, reentrega ou descarte pelo fabricante.

      Portanto, avalie detalhadamente as competências de potenciais operadores logísticos para avaliar se a capacidade é compatível com os requisitos estabelecidos pelo contratante.

      Falta de integração de processos

      Atividades executadas manualmente, a falta de automação e a incidência de erros são apenas algumas das situações que ocorrem quando não há integração. Esse é um cenário no qual a logística omnichannel não é capaz de prosperar.

      Portanto, a primeira providência a ser tomada é investir em sistemas de gestão integrada. Um dos sistemas utilizados é o Warehouse Management System (WMS) ou sistema de gestão de armazéns. Essa é uma ferramenta completa que conecta as etapas de recebimento e armazenagem de mercadorias até a separação e expedição de pedidos.

      Com isso, é possível acompanhar as movimentações mais relevantes do estoque e reúne dados que favorecem a tomada de decisão.

      Podemos dizer que a evolução do processo de distribuição é caminho sem volta e a transformação digital é apenas mais um passo rumo a Logística 4.0. Por esse motivo, queremos destacar como essa experiência pode favorecer a sua relação com o mercado.

      Logística omnichannel, canais de comunicação aprimorados e novas plataformas de compras são sinais de que os clientes estão em busca de empresas e fabricantes que inovam em seus processos.

      Por isso, o nosso objetivo é ajudar a sua empresa a sair na frente da concorrência e se destacar no mercado com o uso de soluções completas para as suas rotinas como a gestão de estoque, emissão de documentos fiscais e diversas outras etapas da cadeia de negócio.

      Se você tem interesse em conhecer mais sobre a eSales e nossas soluções, entre em contato conosco!

      Por:
      eSales
      do autor

      Comentários sobre este post