Otimize a relação com seus fornecedores e qualifique suas operações de Logística Inbound, com organização e agilidade a partir da automatização de processos relacionados com recebimento de carga.

Acompanhe indicadores de desempenho logístico e eleve o nível de suas operações de Logística Outbound com a integração de processos e automatização da troca de informações para maior visibilidade e eficiência de sua gestão.

Obtenha dados de suas vendas no varejo e de distribuidores para aumentar vendas, reduzir rupturas e perdas com informações compartilhadas para estruturar seus processos e auxiliar seu gerenciamento.

Aumente a sua demanda de transportes e seja encontrado por Embarcadores de todo o país.

Facilite a comunicação entre sistemas de gestão e diferentes bancos por meio da transferência de arquivos de forma ágil, íntegra e segura.

    Um sistema capaz de atender os processos de negócios de seus clientes empresariais sem necessitar o investimento em desenvolvimento de sistemas internos.

    O PagPlan é uma solução que permite o pagamento das principais contas de concessionárias (como água, luz, gás, etc.) e DETRANs: utilizando o cartão de crédito como meio de pagamento.

      O EDI Business é uma solução altamente customizável para gestão operacional e estratégica de arquivos.

      O EDI Enterprise oferece uma infinidade de recursos de intercâmbio de informações baseado em um conjunto de regras de envio e recepção, múltiplos protocolos de comunicação, além de topologia altamente flexível.

      Inovação e tecnologia aplicados a emissão, recebimento e armazenamento de documentos fiscais eletrônicos.

      Tecnologia para conectar transportadoras e embarcadores com inteligência e compliance.

      Blog

      Logística Inbound

      O que é colaboração logística e qual sua importância?

      1 ano atrás - por:

      colaboração logística

      A partir da década de 80, especialmente no ambiente acadêmico, novos termos começaram a ser utilizados para referenciar os muitos temas inerentes ao contexto logístico das empresas — tais como logística de materiais, de marketing, reversa, integrada, entre outras. A logística colaborativa (ou colaboração logística), em especial, ganhou destaque no meio corporativo em razão dos ganhos excepcionais que a ajuda mútua entre os stakeholders trouxe para as relações de transporte na cadeia de suprimentos.

      Hoje, além dos ganhos operacionais que essa estratégia logística proporciona — como velocidade nos deslocamentos e aumento da produtividade —, vantagens de nível financeiro e interpessoal também estão associadas a ela.

      Continue a leitura deste artigo para atualizar seus conhecimentos sobre colaboração logística e conhecer as oportunidades que as parcerias em transportes têm a oferecer às empresas do setor industrial.

      O que é colaboração logística?

      Em linhas gerais, a definição técnica deste termo condiz com as atividades coordenadas de embarcadores e transportadores a fim de obterem ganhos tanto na lucratividade quanto no desempenho do negócio como um todo.

      Entre os agentes diretos e indiretos da cadeia de suprimentos — Supply Chain — são movimentadas matérias-primas, máquinas, produtos acabados e inúmeros outros pontos relacionados com as informações do processo logístico. Essa cadeia é ampla e trata-se de uma rede composta por fornecedores, fabricantes, distribuidores, varejos e consumidores.

      O estreitamento das relações entre os elos do Supply Chain nas últimas décadas influenciou uma renovação na maneira tradicional de se transportar cargas em qualquer distância. Semelhantemente, os recentes avanços no campo tecnológico ditaram as regras de um novo mercado, mais flexível e repleto de oportunidades.

      Nesse contexto, emergiram novas relações corporativas alicerçadas na confiança e colaboração entre as partes, com vistas à sustentabilidade das operações das companhias envolvidas. Por meio da colaboração logística, negócios de todos os portes foram estimulados a unir forças para otimizar seus processos logísticos e reduzir custos nessa área.

      Como funciona a colaboração logística horizontal e vertical?

      A colaboração logística horizontal é aquela que ocorre entre duas ou mais empresas, com a finalidade de proporcionar vantagens para todos os envolvidos, o que não seria possível sem essa parceria. Por exemplo, o compartilhamento de centro de distribuições ou de veículos para transporte. Já a colaboração vertical é aquela na qual acontece a cooperação entre diferentes elos da mesma cadeia de produção, por exemplo, indústria e varejo, companhia e seus fornecedores, etc.

      Como a colaboração logística funciona na prática?

      Por definição, podem ser compartilhados desde serviços de entrega last mile, até espaços em contêineres ou carrocerias de veículos em rotas internacionais. É importante ressaltar, também, que a parceria de colaboração em transportes pode ocorrer em qualquer instância da cadeia de suprimentos.


      Em se tratando do setor industrial, a colaboração logística entre empresas pode ocorrer de muitas maneiras. Veja alguns exemplos a seguir!

      Logística reversa

      Trata-se de métodos implementados com o intuito de viabilizar a coleta e entrega de equipamentos ou matérias-primas de volta às organizações, para que possam ser reutilizados na cadeia produtiva ou terem sua destinação final executada de acordo com as normas ambientais. Dessa forma, é possível fabricar e disponibilizar produtos com custos mais baixos e de maneira mais rápida aos clientes.

      Nesse caso, a entrega dos itens engloba dois integrantes: a indústria e a transportadora, que precisam traçar boas ações para que os itens cheguem com eficiência e qualidade aos pontos de venda. Um aspecto importante para que esse processo realmente aconteça, é que os fabricantes sejam estimulados pelos órgãos públicos, os estabelecimentos pelas empresas e os consumidores pelos estabelecimentos e empresas.

      Contratação de transporte

      Em vez de custear uma frota própria, por exemplo, empresas parceiras têm a opção de contratar transportadoras e motoristas para prestação de serviços de transporte. Então, o rateio dos custos das atividades propicia economia financeira aos parceiros.

      Operadores logísticos

      Os operadores logísticos prestam serviços que vão além do simples transporte de cargas. Eles também podem ser responsáveis pela gestão dos armazéns. As atividades do operador abrangem, geralmente, recebimento, armazenagem, separação de pedidos, realização de inventários e expedição.

      Empresas que optam por compartilhar o mesmo operador logístico evitam gastos com espaços ociosos em seu ambiente de estoque. Além disso, elas repartem entre si os custos fixos da armazenagem, como aluguel, energia elétrica, equipamento, máquinas etc.

      Centro de distribuição compartilhado

      Os operadores logísticos, além de disponibilizar o transporte de mercadorias para seus clientes, também oferecem o gerenciamento de um armazém e todas as atividades relativas a ele. Nesse caso, a logística compartilhada auxilia para que um centro de distribuição possa ser utilizado para administrar os itens pertencentes a clientes diferentes.

      Esse serviço gera a diminuição de custos no controle de estoque e no processamento dos pedidos, abrangendo energia elétrica, água, aluguel, salário dos funcionários, manutenção de equipamentos e demais. Como as despesas são divididas entre os clientes, todos saem beneficiados, inclusive o operador, que deixa de perder com espaços vazios no depósito e ociosidade.

      Quais os benefícios da colaboração logística para o setor industrial?

      Muitas linhas de produção industrial são movidas por equipamentos sofisticados e valiosos. O preço da ociosidade desses equipamentos por atraso no recebimento de matéria-prima, por exemplo, é elevado. Esse risco, porém, pode ser mitigado pela celeridade dos prazos de transportes feitos em regime de colaboração.

      Entretanto, para avaliar os benefícios da estratégia de colaboração logística no setor industrial, é preciso destacar primeiramente quais são os critérios de qualidade de uma boa parceria em transportes nesse setor:

      • entregas no prazo;
      • entregas completas;
      • disponibilidade de produtos;
      • cumprimento da agenda de entrega;
      • cobertura de estoque;
      • ausência de pedidos devolvidos.

      Esses critérios de qualidade tendem a ser alcançados com maior frequência nas operações logísticas de indústrias que se unem a fim de obterem ganhos juntas e servirem melhor os seus respectivos clientes. Estabelecidos os critérios de qualidade, os benefícios resultantes dessa relação colaborativa entre empresas podem ser exemplificados de algumas formas.

      Ganho de competitividade

      A redução dos custos de transporte influencia diretamente a composição do preço dos produtos na indústria. Ofertar preços menores fortalece as empresas perante a concorrência e propicia oportunidades de melhoria nas margens de lucro praticadas.

      Aumento da lucratividade

      A lucratividade decorre da equação na qual todos os custos e despesas, diretos e indiretos, são debitados do valor recebido na comercialização do produto. Sendo assim, a economia financeira auferida na área de transportes permite que as indústrias aumentem suas margens de lucro sem queda na qualidade do produto final.

      Diminuição de erros operacionais

      Naturalmente, na medida em que ações de transporte passam a ser realizadas de forma conjunta entre as organizações, cada atividade passa a ser observada por vários olhares. Esse fator coopera com ações mais acertadas e, consequentemente, diminuição de avarias, de devoluções, de atrasos nas entregas, de erros na expedição etc.

      Agilidade na produção industrial

      A plena disponibilidade de matéria-prima otimiza o planejamento e a execução da produção industrial. A colaboração logística faz com que os prazos de espera por insumos, por exemplo, sejam menores que os prazos tradicionais. O escoamento da produção também é positivamente impactado por esse tipo de colaboração nos negócios.

      Redução de custos de produção

      Certamente, a redução de custos de produção é um dos principais benefícios da colaboração logística, e é também um dos elementos que mais estimulam indústrias de todos os segmentos a adotarem essa estratégia. Tendo em vista que os custos logísticos respondem por uma fatia significativa na composição do preço dos produtos industrializados, fica nítida a contribuição da logística colaborativa para a redução dos preços finais dos itens produzidos.

      O setor industrial no Brasil enfrenta alta concorrência interna e também é severamente desafiado pela concorrência externa, sobretudo, a chinesa. Portanto, é fundamental que empresas desse setor adotem procedimentos estratégicos que as tornem ainda mais competitivas.


      Nesse sentido, a colaboração logística entre diversos players do mercado industrial é capaz de fomentar uma economia sustentável de recursos financeiros e naturais em toda a cadeia logística, favorecendo assim a competitividade dos envolvidos.

      Inteligência logística

      Ao investir em boas práticas e demais informações consideráveis do mercado, as companhias envolvidas na cadeia de abastecimento ganham em inteligência logística. A reestruturação de estratégias e ferramentas para solucionar os gargalos contribuem para o aperfeiçoamento dos processos e ganho de concorrência.

      Agilidade e eficiência

      Compartilhar serviços com outras instituições torna o negócio mais flexível, o que eleva a sua disponibilidade. Por exemplo, em vez de esperar o veículo de transporte encher para seguir o trajeto até o destinatário final, é possível contar com uma transportadora parceira e realizar a entrega do pedido de forma rápida, garantindo a satisfação do consumidor.

      Aumento da disponibilidade

      Quando os serviços são compartilhados, fica mais fácil de atender a um número mais alto de solicitações em menos tempo, fazendo com que a oferta de trabalho aumente com a parceria entre as companhias. A redução dos custos operacionais viabiliza a prática de preços mais competitivos, gerando a atração e captação de clientes, o que vai aumentar os lucros e criar demandas mais relevantes.

      Fortalecimento da cadeia de suprimentos

      Ao envolver as empresas no mesmo objetivo por meio da colaboração logística, que é otimizar a cadeia de suprimentos, o negócio consegue aumentar o seu nível e se destacar na concorrência. Como a troca de informações precisa ser intensa para que a finalidade seja alcançada, acontece a elaboração de novos produtos, soluções, aprimoramento dos processos e demais melhorias que tornam a logística mais eficiente.

      Quais são as soluções que podem ser usadas para realizar a colaboração logística?

      Algumas ferramentas podem ser implementadas para auxiliar na prática da colaboração logística nas empresas. Veja algumas delas!

      Logística 4.0

      É um método que surgiu com o avanço da tecnologia e que se preocupa em proporcionar uma maior integração dos processos relativos às atividades executadas no setor logístico.

      Cloud computing

      Também conhecida como computação em nuvem, se trata de uma tecnologia que possibilita a integração de dados de diversos sistemas, fontes ou ferramentas de controle sem um limite de quantidade definido.

      Software de gestão logística

      Um sistema criado especificamente para a gestão logística é composto de diversas funcionalidades importantes para o negócio, por exemplo:

      • manutenção de frota;
      • administração de estoque;
      • monitoramento e rastreamento de transporte;
      • controle de combustível;
      • disponibilização de roteirizador;
      • elaboração e análise de relatórios etc.

      Parcerias de colaboração logística contribuem, inclusive, para o desenvolvimento do ambiente de negócios do país, pois cria caminhos para o amadurecimento de novas parcerias comerciais, principalmente no importante setor industrial. Por isso, visando os inúmeros avanços já descritos aqui, empresas de vários segmentos do mercado têm realizado parcerias dessa natureza.

      O projeto Next Log

      Não há dúvidas que a tecnologia se tornou cada vez mais presente no mundo da logística, e a transformação digital é parte do dia a dia, principalmente quando falamos da cadeia de suprimentos. Sem o apoio das inovações, fica muito difícil transmitir qualidade, eficiente e atender as demandas do mercado, causando a perda de grandes oportunidades.

      Com o propósito de proporcionar uma solução eficaz aos seus clientes, capaz de gerar uma série de vantagens, como o aumento dos ganhos e produtividade dos recursos, além de mitigar riscos, foi desenvolvido o Next Log, que se trata de um marketplace voltado para transportadoras.

      Este projeto tem sido visto como uma revolução no setor logístico, já que é uma iniciativa que busca criar um senso de comunidade, de colaboração, com foco no transportador. Atuando de forma colaborativa, fazendo com que o cliente tenha acesso às melhores ofertas de frete e consiga encontrar em um único local, todas as soluções necessárias para que ele melhore a sua rotina, e se torne mais produtivo e competitivo.

      A expectativa é que toda a cadeia de negócios seja beneficiada, gerando ganhos para todos, chegando inclusive ao cliente final.

      Como o Next Log se relaciona com a colaboração logística?

      Ele se relaciona com a colaboração logística pelo fato de conseguir equacionar e somar diversas expertises. Assim, elaboramos um portfólio de diversas empresas parceiras que são complementares.

      O Next Log busca unir empresas de diferentes visões, como o foco no marketing digital, na cotação de seguros e desenvolvimento de aplicativos, integrando não apenas essas funcionalidades, mas também somando esforços, agregando valor às soluções já existentes com pontos como a experiência de mercado, podendo levar uma ideia inovadora, disruptiva e que possa fazer com que o país possa solucionar problemas de carência e deficiências logísticas e seja mais competitivo.

      Além disso, o projeto contempla um pilar de conteúdo, voltado a contribuir com conhecimento a respeito dos temas relevantes para o segmento, tendências, casos de sucesso e referências de boas práticas e inovação.

      Como o Next Log foi desenvolvido?

      A ideia do Next Log surgiu da percepção das dores do mercado. Há muito tempo a eSales tem seu foco nos embarcadores, mas com uma relação muito benéfica também para milhares de transportadoras, e sempre foi uma necessidade ter uma solução mais adequada e aderente ao seu processo.

      Entendendo que o mercado passa por uma reestruturação completa, devido à pandemia, foi necessário buscar por inovações que sejam capazes de proporcionar essa adequação que, entre as mudanças necessárias , pedia a oferta de uma solução focada no transportador, com recursos para que ele pudesse se tornar mais competitivo.

      Assim surgiu a iniciativa do Next Log, que começou a se desenhar a partir de outubro de 2020, por meio de diálogos com parceiros e empresas com foco total em trazer novas iniciativas ainda mais colaborativas para este mercado.

      Quais os serviços oferecidos no Next Log e quais os objetivos desse projeto?

      Vivemos em um país de dimensões continentais, com imensas carências em infraestrutura e com alto poder de consumo e de geração de oportunidades. Entendemos que a melhor forma de suprir estas carências, e levar ao mercado soluções que transformem a maneira de fazer negócios, é a colaboração.

      Pensando nisso, desenvolvemos a iniciativa Next Log em parceria com a empresa uMov.me, além de uma série de parceiros que tem um único objetivo em comum, que é o de ajudar os transportadores na transformação digital. Acreditamos que transportadores com mais acesso a serviços qualificados, terão mais cargas, mais viabilidade em seu negócio e irão colaborar de forma decisiva para um aumento da competitividade do Brasil.

      Temos também como parceiros uma solução que traz ao transportador maior visibilidade em seu processo e controle de jornadas, permitindo com que ele tenha um melhor aproveitamento de sua frota. Caminhão parado não gera receita. Além disso, outra solução disponível no Next Log permite ao transportador inserir sua marca no mercado digital e atingir um maior público de embarcadores. É um somatório dessas atuais soluções que fazem com que o Next Log ganhe efetividade. O objetivo é incrementar o número de parceiros e soluções complementares capazes de agregar valor ao mercado de transporte e logística, principalmente ao transportador.

      Tudo isso por meio de mecanismos que façam com que a rotina seja mais produtiva, reduzam custos e que o veículo passe mais tempo rodando cheio , com mais carga ocupada — além, é claro, de oferecer às transportadoras a chance de tornarem-se mais competitivas, já que hoje o Brasil é apenas o sexagésimo primeiro país em desempenho logístico no mundo e há muitas oportunidades de melhoria nesse processo.

      Quem poderá utilizar o serviço?

      O Next Log está disponível para as transportadoras de pequeno, médio e grande porte que têm gargalos em seus processos diários relacionados às ofertas de frete.

      Quais são os benefícios do Next Log?

      Entre os principais benefícios da solução estão:

      • possibilidade do transportador de encontrar diversas soluções para suas demandas do dia a dia em um único local e que, às vezes, precisa procurar por ferramentas de forma separada;
      • acesso a ofertas, condições e benefícios exclusivos, já que se trata de um projeto de colaboração associativa;
      • engajamento com iniciativas de desocupação para que o transportador possa melhorar ainda mais seus processos, a sua performance e se qualificar, entre outros.
      • acesso a conteúdos exclusivos e especializados no segmento de transporte de cargas.

      Quais os resultados que o Next Log pode trazer para sua operação?

      A solução contribui para que as transportadoras sejam mais competitivas no seu dia a dia. Afinal, o uso da tecnologia vai ajudá-lo a identificar mais ofertas de frete, controlar sua jornada e demais vantagens que vão colaborar para ter um custo de frete menor e com um maior nível de serviço, fazendo com que possa ser contratada por mais empresas.

      Esse maior índice de contratação vai tornar a cadeia produtiva mais atraente, e o consumidor final passa a contar com mais produtos fabricados nacionalmente, fazendo com que a economia gire de uma maneira mais sólida.

      O intuito não é somente oferecer recursos eficazes para o transportador, mas melhorar toda a cadeia produtiva, fazendo com que todos os envolvidos possam sair beneficiados.

      Quais os diferenciais do Next Log para o cliente?

      Entre os diferenciais está a disponibilização de um Marketplace focado na dor do cliente. Além disso, permite a identificação de novos fretes, transportes, qualificação, conteúdo e a criação de uma verdadeira comunidade de troca de experiências e oportunidades.

      Por que é importante consolidar uma boa parceria para melhorar a colaboração logística? Como a eSales atua nessa área?

      As comunidades de negócios são muito mais eficazes do que ações isoladas. Nós vivemos em um país com diversas deficiências de infraestrutura, de tecnologia, de malha, e que atuar de uma forma isolada não permite o aumento da produtividade.

      Então esse é o grande objetivo da criação de comunidades de negócios e da busca por parceiros para conseguir melhorar, porque sozinho não é possível ter todas as soluções, mas por meio de bons aliados fica mais fácil chegar a uma determinada solução, capaz o bastante para fazer com que o mercado tenha as melhores ofertas.

      Agora que você entende melhor sobre a colaboração logística e seus benefícios, não espere para adotar as estratégias mais adequadas para colocar essa prática em ação e alcançar melhores soluções.

      Quer conhecer melhor sobre as soluções oferecidas pela eSales? Então, entre em contato agora mesmo e esclareça as suas dúvidas!

      Por:
      eSales
      do autor

      Comentários sobre este post