Otimize a relação com seus fornecedores e qualifique suas operações de Logística Inbound, com organização e agilidade a partir da automatização de processos relacionados com recebimento de carga.

Acompanhe indicadores de desempenho logístico e eleve o nível de suas operações de Logística Outbound com a integração de processos e automatização da troca de informações para maior visibilidade e eficiência de sua gestão.

Obtenha dados de suas vendas no varejo e de distribuidores para aumentar vendas, reduzir rupturas e perdas com informações compartilhadas para estruturar seus processos e auxiliar seu gerenciamento.

Aumente a sua demanda de transportes e seja encontrado por Embarcadores de todo o país.

Facilite a comunicação entre sistemas de gestão e diferentes bancos por meio da transferência de arquivos de forma ágil, íntegra e segura.

    Um sistema capaz de atender os processos de negócios de seus clientes empresariais sem necessitar o investimento em desenvolvimento de sistemas internos.

    O PagPlan é uma solução que permite o pagamento das principais contas de concessionárias (como água, luz, gás, etc.) e DETRANs: utilizando o cartão de crédito como meio de pagamento.

      O EDI Business é uma solução altamente customizável para gestão operacional e estratégica de arquivos.

      O EDI Enterprise oferece uma infinidade de recursos de intercâmbio de informações baseado em um conjunto de regras de envio e recepção, múltiplos protocolos de comunicação, além de topologia altamente flexível.

      Inovação e tecnologia aplicados a emissão, recebimento e armazenamento de documentos fiscais eletrônicos.

      Tecnologia para conectar transportadoras e embarcadores com inteligência e compliance.

      Blog

      Financeiro

      Como monitorar e reduzir os gastos com tarifas bancárias?

      5 anos atrás - por:

      Contas bancárias são abertas com um pacote de tarifas definido na ocasião da abertura. Talvez por isso muitas pessoas não imaginem que é possível reduzir os gastos com tarifas bancárias. Essa é uma economia perfeitamente possível, além de bastante pertinente.

      Tarifas bancárias consomem um valor razoável dos correntistas e podem prejudicar o planejamento financeiro. Por exemplo, se você paga R$15 por um pacote mensal de tarifas, em um ano terá gasto R$180. Se você não utilizar os benefícios contratados no pacote, estará jogando dinheiro fora.

      Neste post, apresentaremos formas de monitorar e reduzir os gastos com tarifas bancárias. Acompanhe!

      Como monitorar os gastos com tarifas bancárias?

      Para verificar o gasto de tarifas bancárias, é preciso consultar seu extrato. Primeiro, busque saber qual o pacote contratado na sua conta corrente e quais serviços estão inclusos nele. Geralmente, ele contempla serviços essenciais, como saques e extratos, além de outros comumente utilizados, em quantidades mensais limitadas.

      Posteriormente, procure pela tabela de tarifas do banco, obrigatoriamente disponível ao público por determinação do Banco Central. Nela, há o valor dos serviços avulsos, pagos ao exceder os limites cobertos.

      A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) também oferece a consulta aos valores de tarifas dos principais bancos comerciais, que você pode acessar diretamente em seu site.

      Para quem não dispõe de tempo ou não se sente seguro consultando esses dados manualmente, há soluções excelentes para isso: ferramentas que oferecem, entre seus serviços, consolidação das taxas bancárias e permitem comparativos com as opções alternativas, entre outros serviços relacionados à gestão bancária.

      Pacotes de tarifas bancárias são vantajosos?

      Utilizar pacotes de tarifas é uma política comum nos bancos. O Banco Central do Brasil determina que os bancos devem fornecer um pacote essencial de serviços, sem cobrança periódica e que deve incluir:

      • Fornecimento gratuito da primeira via de cartão com função débito;
      • Fornecimento de segunda via do cartão quando por iniciativa do banco;
      • 04 saques em guichê de caixa ou terminal de autoatendimento;
      • 02 transferências de recursos entre contas da mesma instituição (independente do meio onde for feita);
      • 02 extratos dos últimos 30 dias;
      • Consultas ilimitadas gratuitas através do Internet Home Banking;
      • 10 folhas de cheques para clientes aptos a utilizá-los;
      • Fornecimento anual de extrato consolidado de despesas bancárias (juros, encargos, multas, taxas e tarifas sobre operações de crédito).

      A taxa do pacote de serviços, bem como qualquer outra tarifa bancária, só pode ser cobrada se houver saldo suficiente na conta, para não gerar excesso sobre limite. Se o saldo for insuficiente, quando houver entrada de recursos, elas são cobradas retroativamente.

      Além do pacote básico, os bancos oferecem outros que o cliente pode escolher. Um pacote de tarifa somente é vantajoso se for mais barato que a soma das tarifas avulsas de suas movimentações bancárias além do pacote essencial.

      Consulte seu extrato e as operações você realiza costumeiramente. Some-as, para então comparar o valor com um serviço que ofereça cobertura para todas elas.

      Como reduzir os gastos com tarifas bancárias?

      Algumas medidas devem ser tomadas para evitar gastos desnecessários com tarifas bancárias. Primeiramente, tente unificar suas contas bancárias em apenas um banco ou no menor número possível. Várias contas em bancos diferentes significam pagar várias vezes por pacotes de tarifas.

      Utilize os meios alternativos de movimentação, preferencialmente caixas eletrônicos e Internet Banking, que costumam ter tarifas mais baixas. Planeje seus saques e transferências de acordo com a franquia do seu pacote e organize-se para não precisar realizar vários saques e não precisar pagar tarifas avulsas por eles.

      Prefira cartão de débito a pagamento em dinheiro: isso permite que você realize menos saques. É economia certa, pois a utilização do cartão de débito não sofre nenhuma tarifação. Além disso, cadastre suas contas para débito automático — é outra forma de minimizar saques.

      Consulte seus saldos e extratos na internet, pois são liberados de forma ilimitada, o que pode não ocorrer em outros canais de atendimento. Outra forma de reduzir gastos é negociar a isenção de tarifas com seu gerente se você tiver outros produtos bancários, como investimentos, cartões de crédito e previdência privada.

      Percebeu como é possível reduzir os gastos com tarifas bancárias sem sofrer nenhum prejuízo em suas transações? Comente no post outras formas que você utiliza de minimizar suas tarifas!

      Por:
      eSales
      do autor

      Comentários sobre este post