Otimize a relação com seus fornecedores e qualifique suas operações de Logística Inbound, com organização e agilidade a partir da automatização de processos relacionados com recebimento de carga.

Acompanhe indicadores de desempenho logístico e eleve o nível de suas operações de Logística Outbound com a integração de processos e automatização da troca de informações para maior visibilidade e eficiência de sua gestão.

Obtenha dados de suas vendas no varejo e de distribuidores para aumentar vendas, reduzir rupturas e perdas com informações compartilhadas para estruturar seus processos e auxiliar seu gerenciamento.

Aumente a sua demanda de transportes e seja encontrado por Embarcadores de todo o país.

Facilite a comunicação entre sistemas de gestão e diferentes bancos por meio da transferência de arquivos de forma ágil, íntegra e segura.

    Um sistema capaz de atender os processos de negócios de seus clientes empresariais sem necessitar o investimento em desenvolvimento de sistemas internos.

    O PagPlan é uma solução que permite o pagamento das principais contas de concessionárias (como água, luz, gás, etc.) e DETRANs: utilizando o cartão de crédito como meio de pagamento.

      O EDI Business é uma solução altamente customizável para gestão operacional e estratégica de arquivos.

      O EDI Enterprise oferece uma infinidade de recursos de intercâmbio de informações baseado em um conjunto de regras de envio e recepção, múltiplos protocolos de comunicação, além de topologia altamente flexível.

      Inovação e tecnologia aplicados a emissão, recebimento e armazenamento de documentos fiscais eletrônicos.

      Tecnologia para conectar transportadoras e embarcadores com inteligência e compliance.

      Blog

      Logística Inbound, Logística Outbound

      Sistema TMS: saiba como evitar prejuízos na cadeia de suprimentos

      5 anos atrás - por:

      A cadeia de suprimentos é composta por uma gama de etapas variadas, que muitas vezes pode ser complicada de gerenciar de modo eficaz. O processo se inicia com a aquisição de matéria prima, estocagem, manufatura, embalagem, vendas, separação de pedidos e, finalmente, a entrega ao cliente final.

      Manter todo esse processo em ordem é algo que pode sobrecarregar muito os funcionários envolvidos na sua análise, impossibilitando que eles disponham de tempo para intervir e realizar melhorias. Por isso, a utilização de um TMS – Transportation Manager System (Sistema de Gerenciamento de Transportes) é crucial.


      A seguir, vamos conferir algumas informações acerca desse tipo de programa e como seu uso pode lhe ajudar a evitar prejuízos. Continue lendo!

      O que é um sistema TMS?Um sistema TMS tem como objetivo principal integrar em uma única área de trabalho todas as atividades inerentes à logística de uma empresa. E para cada etapa desse processo, o sistema conta com um módulo específico visando otimizar a realização das tarefas.

      Seu correto manuseio permite identificar o seu custo global e individual com a cadeia de suprimentos, de modo a possibilitar que construa estratégias mais eficientes na gestão dos gastos com transporte.

      Vale ressaltar que é possível integrá-lo a um sistema ERP – Enterprise Resourcing Planning (ou Planejador de Recursos Empresariais). Por meio dessa ligação os registros contábeis e fiscais ficam interligados, viabilizando a uniformização dos dados para o banco de dados e permitindo que o controle possa ser eficiente.

      As principais funcionalidades de um TMS são:

      • Manutenção
      • Suprimentos
      • Controle de fretes de terceiros
      • Operação
      • Faturamento do transporte
      • Custos
      • Controle de Manutenção de Frota
      • Controle de Estoque
      • Planejamento
      • Rastreamento
      • Expedição
      • Auditoria de Frete
      • Análise de Rentabilidade

      Quais os benefícios para a cadeia de suprimentos?

      Gerenciamento de fretes – ao alimentar o sistema TMS com as tabelas de frete dos seus parceiros logísticos você consegue obter de imediato a informação de qual transportadora oferece o menor custo e melhor prazo, antes mesmo da mercadoria ser embarcada.

      Conferência de faturas – manter um registro de todos os envios realizados dividido por transportadora é a funcionalidade que permite conferir se os valores estão de acordo com a tabela negociada. Fazendo isso, você obtém descontos em casos em que o transportador tenha cometido algum erro na emissão do conhecimento de transporte.

      Monitoramento de prazos – cumprir os prazos negociados com seus clientes é primordial para manter uma imagem confiável junto aos mesmo. O TMS mantém em seu banco de dados todos os prazos informados pelas transportadoras e emite alertas para as cargas com atraso, permitindo que sua equipe foque na resolução dessas pendências e, caso necessário, converse com o cliente antes que o atraso seja realmente um problema.

      Manutenção e obrigações tributárias – por meio de módulo específico o sistema informa as datas obrigatórias para realização de manutenção nos veículos, troca de peças e afins, emitindo alertas quando os eventos se aproximam; há também funcionalidade idêntica para pagamento de tributos, tais como IPVA e seguro obrigatório, garantindo que não tenha prejuízo com multas ou perca de garantia de veículos por descuido.

      Rotas inteligentes – com o auxílio do TMS é possível ainda identificar quais rotas são mais interessantes para realização das suas entregas, otimizando o tempo de entrega e reduzindo custos com manutenção.

      Ao implantar essa ferramenta no desenvolvimento da cadeia de suprimentos você melhora significativamente a forma como os processos são realizados, aumenta a produtividade dos seus colaboradores e agrega valor junto aos seus clientes. Além do mais, é sempre possível aperfeiçoar suas estratégias através da análise dos relatórios detalhados emitidos pelo sistema, que tornam a tomada de decisão muito mais eficaz.

      Gostou? Então siga a gente nas redes sociais e veja mais conteúdos informativos como esse!

      Por:
      eSales
      do autor

      Comentários sobre este post