Otimize a relação com seus fornecedores e qualifique suas operações de Logística Inbound, com organização e agilidade a partir da automatização de processos relacionados com recebimento de carga.

Acompanhe indicadores de desempenho logístico e eleve o nível de suas operações de Logística Outbound com a integração de processos e automatização da troca de informações para maior visibilidade e eficiência de sua gestão.

Obtenha dados de suas vendas no varejo e de distribuidores para aumentar vendas, reduzir rupturas e perdas com informações compartilhadas para estruturar seus processos e auxiliar seu gerenciamento.

Aumente a sua demanda de transportes e seja encontrado por Embarcadores de todo o país.

Facilite a comunicação entre sistemas de gestão e diferentes bancos por meio da transferência de arquivos de forma ágil, íntegra e segura.

    Um sistema capaz de atender os processos de negócios de seus clientes empresariais sem necessitar o investimento em desenvolvimento de sistemas internos.

    O PagPlan é uma solução que permite o pagamento das principais contas de concessionárias (como água, luz, gás, etc.) e DETRANs: utilizando o cartão de crédito como meio de pagamento.

      O EDI Business é uma solução altamente customizável para gestão operacional e estratégica de arquivos.

      O EDI Enterprise oferece uma infinidade de recursos de intercâmbio de informações baseado em um conjunto de regras de envio e recepção, múltiplos protocolos de comunicação, além de topologia altamente flexível.

      Inovação e tecnologia aplicados a emissão, recebimento e armazenamento de documentos fiscais eletrônicos.

      Tecnologia para conectar transportadoras e embarcadores com inteligência e compliance.

      Blog

      Supply Chain

      6 melhores práticas de SCM para sua empresa

      5 anos atrás - por:

      O gerenciamento da cadeia de suprimentos é essencial para conseguir resultados aprimorados e manter as empresas competitivas no mercado, visto que, quando alinhadas, elas passam a competir como um grupo, em vez de tentar sobreviver individualmente.

      No artigo de hoje, vamos falar sobre as melhores práticas de SCM, como elas podem ser aplicadas e por que elas são tão importantes. Continue com a leitura e confira agora mesmo!

      Planejamento

      Independentemente do nível de complexidade de uma tarefa, o planejamento é fundamental. Por meio dele, as empresas conseguem elaborar um cronograma mais assertivo, dimensionar adequadamente a necessidade de recursos e ainda encontrar meios de planejar a execução da melhor maneira possível — implementando melhorias, diminuindo os riscos e evitando desperdícios.

      O mesmo acontece com o gerenciamento da cadeia de suprimentos. Por meio do planejamento, é possível identificar todas as necessidades e alinhá-las, além de possuir uma referência na hora de acompanhar a evolução de cada processo, desde o fornecedor até o momento em que o item chega no cliente.

      Ou seja, o planejamento é fundamental para que as empresas estabeleçam metas e criem planos de ação que vão conduzir a esses objetivos, direcionando melhor as ações dos gestores e estabelecendo claramente a participação de cada empresa dentro do processo.

      Mapeamento de processos

      O mapeamento de processos é considerado uma das melhores práticas de SCM devido ao fato de que, por meio dele, é possível identificar falhas na execução das atividades, criar e implementar ações de melhoria, além de padronizar a sua execução. Isso diminui os riscos de erros e retrabalhos, visto que, independentemente de quem executará a tarefa, a forma de trabalho será a mesma.

      Com isso, além de aprimorar os processos e os resultados, é possível obter ganhos em agilidade, produtividade, redução de erros e custos, além de adequar as etapas seguintes, no caso de processos sequenciados.

      Para que não haja desperdício de tempo, por exemplo, o processo de montagem das embalagens deve estar alinhado ao processo de liberação da produção, visando aproveitar melhor as janelas de tempo e fazendo com que as atividades estejam alinhadas.

      Integração entre áreas e empresas

      A integração entre as áreas e as empresas também é uma das melhores práticas de SCM, além de ser uma das mais importantes. Para um gerenciamento eficaz da cadeia de suprimentos, é primordial que as empresas consigam se comunicar, alinhar os objetivos, as estratégias e os processos internos. Dessa forma, é possível alcançar uma sinergia e fazer com que as atividades estejam interligadas com informações fluindo o tempo todo.

      E para que haja, de fato, essa integração, é fundamental que a comunicação seja clara, objetiva e fluida. As informações devem chegar aos seus destinatários em tempo hábil para que as decisões corretas sejam tomadas o mais rápido possível.

      Utilização de tecnologia

      Um dos pontos centrais a respeito de um gerenciamento da cadeia de suprimentos eficaz é a integração entre os processos, as áreas e as empresas envolvidas. Como a comunicação é o fator principal para realizar essa integração, e sua agilidade é fundamental para tomar boas decisões em tempo hábil, a utilização de recursos tecnológicos acaba sendo indispensável.

      Hoje, é possível contar com soluções que ajudam no compartilhamento de dados entre empresas, que facilitam as relações e que auxiliam no processo de tomada de decisão. Busque contar com as facilidades proporcionadas pela tecnologia nessa etapa e otimize vários processos ao mesmo tempo.

      Bom relacionamento com fornecedores e parceiros

      Como uma cadeia de suprimentos envolve o relacionamento com fornecedores e parceiros de negócio, manter uma boa relação com essas empresas é uma das melhores práticas de SCM.

      Ou seja, para que os objetivos possam ser alcançados, obtendo os melhores resultados possíveis, o ideal é contar com empresas que possuam valores e cultura parecidos, uma vez que isso facilita o processo de compreensão e alinhamento dos objetivos principais e faz com que todos trabalhem para que as metas sejam alcançadas da melhor forma possível.

      Esse bom relacionamento envolve, em grande parte, as negociações comerciais. Porém, a forma como os problemas são identificados e sanados, o foco em apresentar as melhores soluções para os clientes, o foco nos mesmos objetivos e os processos alinhados também fazem parte de uma boa relação comercial com os fornecedores e parceiros de negócio.

      Além de ser importante para conseguir oferecer qualidade para os clientes, essa relação é essencial para que a empresa possa fazer alterações nas metas, estratégias e processos e informar esses parceiros sobre a necessidade dos ajustes, sabendo que todos trabalham em conjunto para alcançar os mesmos objetivos e obter bons resultados, de forma geral.

      Controle e monitoramento dos processos

      Como dissemos anteriormente, o mapeamento dos processos é essencial para que eles sejam padronizados e garantam uma boa execução e os resultados esperados. Porém, é necessário realizar um controle constante dessas atividades e analisar se suas conclusões condizem com o que foi esperado.

      Esse monitoramento ajuda a avaliar se existem falhas que não foram identificadas, se existem gargalos que impedem o alcance dos resultados, quais melhorias precisam ser implementadas e, inclusive, avaliar se o planejamento elaborado previamente não condiz com a realidade do negócio e do mercado.

      Para realizar esse monitoramento, deve-se definir métricas de análises e desenvolver indicadores de desempenho que sejam baseados nessas métricas. Assim, os gestores conseguem ter uma visão geral dos seus processos, identificar melhor as causas das falhas e saber o que precisa ser feito para que elas sejam reduzidas ou eliminadas.

      Vale lembrar que, além de ser uma das melhores práticas de SCM, é por meio do controle e do monitoramento dos processos que se torna possível fazer os ajustes necessários para que, cada vez mais, as empresas envolvidas consigam resultados satisfatórios, além de sempre garantir a satisfação dos clientes.

      Em suma, para que o gerenciamento da cadeia de suprimentos seja eficaz, não basta acompanhar o trabalho das empresas que estão envolvidas no processo. É preciso fazer uma gestão dos processos de trabalho, acompanhar as atividades de ponta a ponta, identificar os problemas e saná-los, além de fazer com que os parceiros sempre tenham o cliente como foco.

      Nesse sentido, as melhores práticas de SCM são excelentes aliadas, visto que elas funcionam como um guia do que pode ser feito para melhorar ainda mais a gestão.

      E então, o que achou do artigo? Já conhecia algumas dessas práticas de SCM? Siga a gente nas redes sociais e veja mais conteúdos informativos como esse!

      Por:
      eSales
      do autor

      Comentários sobre este post