Otimize a relação com seus fornecedores e qualifique suas operações de Logística Inbound, com organização e agilidade a partir da automatização de processos relacionados com recebimento de carga.

Acompanhe indicadores de desempenho logístico e eleve o nível de suas operações de Logística Outbound com a integração de processos e automatização da troca de informações para maior visibilidade e eficiência de sua gestão.

Obtenha dados de suas vendas no varejo e de distribuidores para aumentar vendas, reduzir rupturas e perdas com informações compartilhadas para estruturar seus processos e auxiliar seu gerenciamento.

Aumente a sua demanda de transportes e seja encontrado por Embarcadores de todo o país.

Facilite a comunicação entre sistemas de gestão e diferentes bancos por meio da transferência de arquivos de forma ágil, íntegra e segura.

    Um sistema capaz de atender os processos de negócios de seus clientes empresariais sem necessitar o investimento em desenvolvimento de sistemas internos.

    O PagPlan é uma solução que permite o pagamento das principais contas de concessionárias (como água, luz, gás, etc.) e DETRANs: utilizando o cartão de crédito como meio de pagamento.

      O EDI Business é uma solução altamente customizável para gestão operacional e estratégica de arquivos.

      O EDI Enterprise oferece uma infinidade de recursos de intercâmbio de informações baseado em um conjunto de regras de envio e recepção, múltiplos protocolos de comunicação, além de topologia altamente flexível.

      Inovação e tecnologia aplicados a emissão, recebimento e armazenamento de documentos fiscais eletrônicos.

      Tecnologia para conectar transportadoras e embarcadores com inteligência e compliance.

      Blog

      Produtividade e Gestão

      3 dicas para otimizar a gestão de fretes Inbound e Outbound

      10 meses atrás - por:

      gestão de fretes inbound e outbound

      A gestão de fretes inbound e outbound deve ser a mais eficiente possível, pois impacta diretamente a percepção que o cliente tem do negócio. Se a mercadoria demora mais do que o esperado para chegar até o consumidor isso tende a gerar insatisfação. Da mesma forma, um fornecedor que entrega insumos com atraso vai contribuir para que o primeiro cenário ocorra, concorda?

      Para mitigar ambos os problemas, é preciso antes saber distinguir a gestão de fretes inbound da outbound. Ao longo do texto você perceberá que cada um possui processos bem definidos, visto que a não clareza em relação a eles pode levar a empresa a cometer equívocos na sua gestão. Além disso, daremos 3 dicas de como aplicá-los corretamente na empresa. Boa leitura!

      O que é gestão de fretes inbound e outbound?

      A gestão inbound ocorre quando uma empresa precisa de insumos para produzir um bem. Isso implica na negociação com vários fornecedores, que farão o trabalho de transportar esses materiais que serão parte do estoque da empresa contratante. Por outro lado, a gestão outbound envolve o cliente final, consistindo em toda a logística necessária para levar o produto finalizado até ele.

      Quais as diferenças entre eles?

      Além da própria diferença conceitual entre frete inbound e outbound, é preciso destacar que as rotinas envolvendo ambos são bastante diferentes. No caso do primeiro as principais atividades envolvidas são:

      • pesquisas sobre os fornecedores e gestão desses contratos;
      • verificação dos insumos que chegam à empresa;
      • estocagem.

      Já em relação à gestão de fretes outbound as principais atividades são:

      • embalagem dos produtos que serão enviados ao cliente;
      • emissão de notas fiscais;
      • contratação de uma transportadora, acompanhado de serviços relacionados como o rastreamento de cargas durante o trajeto da mercadoria até o cliente.

      Como aumentar a eficiência da gestão de fretes inbound e outbound?

      Embora tenham diferenças, a gestão de fretes inbound e outbound devem trabalhar de forma integrada. Uma das principais razões disso é o esforço em diminuir o Lead Time, uma métrica relacionada com o tempo entre o registro de pedido feito por um cliente e a chegada da mercadoria ao destino.

      Na prática, se os fornecedores fazem a entrega de insumos dentro do prazo, as chances de entregar a encomenda ao cliente dentro do prazo ou até antes passam a ser maiores. Acompanhe as subseções seguintes e veja as três dicas que preparamos para você de como aumentar a eficiência na gestão de fretes inbound e outbound!

      1. Faça um bom planejamento

      Planejar toda a operação é indispensável, visto que isso ajuda a aumentar a clareza dos objetivos e metas que serão traçados. Portanto, é necessário planejar não só a logística inbound e outbound, mas também a integração entre eles, de modo que todas as atividades sejam executadas com o máximo de coordenação e eficiência.

      2. Estabeleça uma estruturação clara do negócio

      Depois de planejar é hora de fazer o mapeamento de processos e estruturar como tudo ocorrerá na prática. Pode ser que nessa etapa sejam identificados procedimentos redundantes ou executados manualmente, cabendo aos gestores eliminá-los ou investir em meios de automatizá-los. Essa estruturação também ajudará na escolha dos melhores fornecedores de insumos e nas transportadoras que levarão a mercadoria até o cliente, sempre tendo por foco o consumidor e o custo-benefício.

      3. Conte com o auxílio da tecnologia

      A gestão de fornecedores e transportadoras passa a ser mais eficiente quando a empresa adota uma solução de Supply Chain, ou cadeia de suprimentos. Um software pode, entre outras coisas, fazer atividades manuais que antes tomavam muito tempo dos colaboradores, bem como coletar dados referentes ao mercado e às demandas por determinado produto. Tudo isso gera impactos ao negócio, relacionados ao aumento da competitividade, vendas e fidelização dos clientes.

      A gestão de fretes inbound e outbound devem atuar de maneira conjunta, embora sejam diferentes. Nesse sentido, vale ressaltar que existem soluções no mercado que lidam com essas duas vertentes e a integração entre elas, sendo uma parceria de grande importância ao negócio, visto que ajudam na otimização de processos referentes à cadeia de suprimentos.

      Gostou deste conteúdo? Continue em nosso blog e aproveite para conhecer dicas de como escolher um software de gestão de fretes!

      Por:
      eSales
      do autor

      Comentários sobre este post