Automação da cadeia de suprimentos: 6 razões para adotá-la

Automação da Cadeia de Suprimentos: 6 Razões para adota-la

Gerenciar a automação da cadeia de suprimentos envolve métodos que proporcionam uma maior integração e uma melhor gestão dos parâmetros da rede desde a aquisição, o transporte, os estoques, até os custos. Esses fatores estão relacionados com a sua empresa, com os fornecedores e com os próprios clientes — afinal, é uma cadeia sucessiva.

A automação da cadeia de suprimentos gera grande benefício porque ajuda a reduzir os processos manuais repetitivos e gera atendimentos mais ágeis.

Além disso, essa automação faz com que você tenha mais noção do todo da sua empresa. A partir do momento em que automatiza, ganha mais recursos, podendo se preocupar com a gestão de clientes, de transporte, e até planejar soluções para os possíveis imprevistos e riscos.

Confira aqui 6 razões para você adotar já essa tecnologia e otimizar a sua gestão!

1. Melhora a eficiência

A eficiência é um dos principais motivos para você implementar esse processo! A verdade é que, em um ambiente competitivo de negócios, ela ganha o dia. Um sistema de fornecimento ou de compra automatizado pode tornar mais eficazes as tarefas de rotina, como por exemplo, o cálculo e a programação de fretes, a separação de encomendas.

Isso acontece porque garante um processo de execução de diversas etapas, de forma rápida e eficiente.

2. Garante a gestão de documentos

Em vez de gastar tempo vasculhando pastas de dados e planilhas entre fileiras de armários e arquivos, o gerenciamento eletrônico de documentos permite que os executivos encontrem o histórico de transações de um fornecedor em apenas alguns cliques.

Com isso, os executivos podem avaliar registros de compra e ter uma comunicação muito mais ágil, além de encontrarem dados fiscais com maior rapidez e segurança nas informações.

3. Reduz as taxas de erro

Um sistema automatizado pode gerar ordens de compra, organizar a “papelada” (documentos físicos) e o preenchimento de cadastros sem erros, evitando que o profissional se distraia ou perca tempo refazendo a atividade.

Por isso, tarefas repetitivas e que exigem precisão devem ser feitas por softwares, pois foi para isso que foram desenvolvidos. Uma empresa focada em resultado necessita da automação para sobreviver ao mercado e, consequentemente, necessita diminuir erros para não sofrer com a improdutividade.

4. Otimiza o tempo

Como a tecnologia acelera os processos, as empresas devem ser capazes de responder mais rapidamente às mudanças no ambiente econômico e de negócios, isto é, se adaptar.

A partir do momento em que você implementa softwares de gestão, você otimiza o tempo e faz com que as tarefas sejam desempenhadas com muito mais facilidade, devido à própria modernidade e à inovação.

A automação da cadeia de suprimentos permite que executivos façam melhorias contínuas em seus processos de compra e de fornecimento.

5. Agiliza o gerenciamento de inventário

Hoje, empresas eficientes devem dominar a arte de gerenciar o inventário: antecipar a necessidade do mercado e encomendar apenas o que é necessário para fazer negócios é uma ótima habilidade, pois evita que os produtos fiquem parados e faz com que haja um giro de estoque maior.

6. Melhora a capacidade de tomar decisões

A automação da cadeia de suprimentos pode fornecer informações de missão crítica em tempo real, para melhorar a tomada de decisão, ao mostrar planilhas e resultados de relatórios em um piscar de olhos. Sistemas automatizados evitam gastos desnecessários e prejuízos, além de garantirem mais segurança na forma de conduzir a empresa como um todo.