Criptografia de dados: por que seu ERP necessita desse recurso?

Cada vez mais as empresas têm dado a devida importância para a segurança das informações e integrações bancárias, tendo em vista o grande volume de dados gerados e as formas de armazenamento que não são tão seguras. Por este motivo, contar com o auxílio da criptografia de dados é essencial.

Investir na proteção dos dados é fundamental para evitar ataques, vazamentos e roubos de dados relevantes, que podem prejudicar os clientes e comprometer a reputação do negócio diante do mercado.

Pensando nisso, elaboramos este conteúdo para explicar os principais pontos sobre a criptografia de dados e porque ela precisa ser implementada no ERP da companhia. Confira!

O que é a criptografia de dados?

Trata-se de um conjunto de técnicas criadas com a finalidade de proteger as informações, de maneira que somente algumas pessoas, detentoras de uma espécie de chave decodificadora, poderão acessar os dados.

Como a criptografia funciona?

A criptografia codifica a informação, transformando os dados em códigos que impedem a leitura de pessoas não autorizadas. Dessa forma, somente quem envia e quem recebe os dados ou quem tem a chave consegue acessar o que está escrito em uma certa mensagem.

A segurança depende da quantidade de bits usados, por exemplo, um algoritmo de 8 bits tem 256 combinações de chaves, enquanto 16 bits têm 65.535. Ou seja, quanto maior o número de bits, mais seguro o documento está.

Existem dois tipos de criptografia de dados:

  • simétrica: conta com somente uma chave e usa a mesma sequência para codificar e decodificar a mensagem;
  • assimétrica: tem duas sequências diferentes, uma para codificar e outra para decodificar as informações.

Atualmente, a criptografia de dados é considerada a forma mais eficiente de proteger uma informação no campo virtual.

Qual é a importância da criptografia para a segurança dos dados?

A utilização da criptografia gera inúmeros benefícios para as empresas e instituições bancárias durante as movimentações realizadas. Conheça alguns deles.

Proteção das informações em trânsito

Nas transações bancárias é necessário o envio de várias informações sigilosas, por exemplo, CPF, número do cartão de crédito, entre outros. Optar pela criptografia antes de realizar esse processo pode gerar muita segurança nesse momento.

Assim, o acesso aos dados fica disponível apenas para o destinatário e para o detentor da chave que possibilita a decodificação.

Proteção dos arquivos contra acesso indevido

Ao perder o smartphone ou o computador, bate um certo desespero por imaginar que um desconhecido poderá ter acesso a todos os seus arquivos. Em alguns equipamentos, como o iOS, é possível apagar de forma remota todos os dados, mas isso nem sempre será possível em um computador.

A criptografia gera uma tranquilidade quando isso acontece, já que ninguém terá acesso aos seus dados, como os hackers e demais pessoas não autorizadas

Segurança dos dados armazenados em nuvem

Nos dias de hoje, é comum o armazenamento de arquivos em nuvem, como o OneDrive, Dropbox, iCloud, Google Drive etc. Em algumas situações, plataformas com essas finalidades são bem mais práticas do que um pendrive.

No entanto, casos de vazamentos de dados por meio desses serviços podem acontecer, diferente dos serviços de criptografia, que são bem mais seguros.

Proteção dos dados de navegação

Quando um acesso é realizado por meio de rede pública de internet, como um Wi-Fi de um restaurante, biblioteca, shopping, entre outros, a navegação corre o risco de ser monitorada. Isso pode ocorrer por vários motivos, e um deles é a utilização de um protocolo de segurança HTTPS. Por isso, a melhor alternativa é adotar a navegação criptografada.

Isso pode ser feito por intermédio de uma rede virtual privada, conhecida como VPN, ou ainda usar um outro tipo de programa, que vai gerar uma espécie de túneis de conexão criptografada para viabilizar a navegação na internet sem correr o risco de ser monitorado.

Impedimento de ataques contra a empresa

Os hackers estão se tornando cada vez mais espertos, e as tentativas de invasão têm virado uma ação cada vez mais comum no mundo empresarial. Malwares cada vez mais eficazes são usados para conseguir acessos e informações importantes para a empresa. Entre os meios mais conhecidos de invasão podemos citar:

  • cavalo de troia: trata-se de um código malicioso que precisa de um certo ato do usuário, por exemplo, executar um documento recebido por e-mail;
  • vírus: é um código de caráter malicioso que usa um programa hospedeiro e costuma se repassado por meio de cópias piratas de softwares conhecidos;
  • engenharia social: nesse caso, os criminosos usam de práticas de persuasão para enganar as pessoas e obter acessos a informações confidenciais e senhas;
  • worm: é uma espécie de malware que não precisa de um programa hospedeiro para se propagar pela rede e infectar máquinas, utilizando-se de falhas na segurança.

Para facilitar a atuação, os hackers procuram as empresas que não têm proteção contra invasão dos seus dados, já que estas são alvos mais fáceis e com maiores possibilidades de ceder a uma eventual chantagem para o resgate de informações.

Qual a importância de contar com a criptografia nos processos de integração de dados?

A integração de sistemas para a conciliação de dados por ser vista como um meio para quem deseja criar um fluxo de trabalho mais prático e otimizado. A implementação de um ambiente digital integrado não é apenas uma escolha, mas também uma exigência do mercado atual.

É importante que as empresas garantam que os softwares conversem entre si, de uma maneira que áreas diferentes possam trocar informações, serem mais produtivas e acertarem nas tomadas de decisões, tendo em vista que os arquivos circularão com maior agilidade.

Nesse caso, é fundamental tomar todos os cuidados para garantir a privacidade e segurança das informações, considerando que ameaças podem acontecer a qualquer momento. Por este motivo, os sistemas integrados precisam cumprir as melhores práticas quanto ao sigilo e à integração dos dados por meio de funcionalidades que só a criptografia pode oferecer.

Conseguiu entender a importância da criptografia de dados nas empresas e, principalmente, nas movimentações bancárias? Por meio dela é possível garantir mais segurança e tornar o serviço mais viável. Além disso, é uma grande aliada ao combate de ataques maliciosos que podem gerar vários transtornos.

Quer adquirir um sistema mais seguro para a empresa? Então, entre em contato com a gente e veja como podemos ajudar!