Otimize a relação com seus fornecedores e qualifique suas operações de Logística Inbound, com organização e agilidade a partir da automatização de processos relacionados com recebimento de carga.

Acompanhe indicadores de desempenho logístico e eleve o nível de suas operações de Logística Outbound com a integração de processos e automatização da troca de informações para maior visibilidade e eficiência de sua gestão.

Obtenha dados de suas vendas no varejo e de distribuidores para aumentar vendas, reduzir rupturas e perdas com informações compartilhadas para estruturar seus processos e auxiliar seu gerenciamento.

Aumente a sua demanda de transportes e seja encontrado por Embarcadores de todo o país.

Facilite a comunicação entre sistemas de gestão e diferentes bancos por meio da transferência de arquivos de forma ágil, íntegra e segura.

    Um sistema capaz de atender os processos de negócios de seus clientes empresariais sem necessitar o investimento em desenvolvimento de sistemas internos.

    O PagPlan é uma solução que permite o pagamento das principais contas de concessionárias (como água, luz, gás, etc.) e DETRANs: utilizando o cartão de crédito como meio de pagamento.

      O EDI Business é uma solução altamente customizável para gestão operacional e estratégica de arquivos.

      O EDI Enterprise oferece uma infinidade de recursos de intercâmbio de informações baseado em um conjunto de regras de envio e recepção, múltiplos protocolos de comunicação, além de topologia altamente flexível.

      Inovação e tecnologia aplicados a emissão, recebimento e armazenamento de documentos fiscais eletrônicos.

      Tecnologia para conectar transportadoras e embarcadores com inteligência e compliance.

      Blog

      Produtividade e Gestão

      6 melhores dicas para diminuir o custo do transporte no e-commerce

      4 meses atrás - por:

      custo do transporte no e commerce

      Para um produto chegar até o cliente, o lojista deve arcar com vários custos. Além de pedágios e seguros que são pagos no transporte de mercadorias, é preciso também pagar o frete, sendo, portanto, crucial mantê-lo o mais baixo possível para fidelizar os clientes de um e-commerce.

      Dito isso, o lojista deve conhecer bem o seu negócio, de modo a traçar as melhores estratégias, garantindo sua lucratividade e a satisfação do consumidor. Continue a leitura do nosso artigo até o final e confira 4 dicas de como reduzir o custo de transporte no e-commerce!

      1. Aposte em drop off points

      Os drop off points, ou pontos de coleta, são um meio bastante efetivo de reduzir os custos de um lojista. Funciona da seguinte forma: os pedidos são enviados até pontos credenciados, para que as transportadoras façam a coleta desses itens e os envie até os destinatários. É uma alternativa econômica para lojas virtuais que fazem entregas diárias com baixo volume.

      2. Use os pick up points

      Sendo um pouco parecidos com os drop off points, os pick up points, ou pontos de retirada, são responsáveis por mitigar o problema do destinatário ausente. Em outras palavras, o próprio cliente se encarrega de ir buscar sua encomenda nestes pontos de retirada credenciados, no momento mais apropriado para ele. Dessa forma, o lojista tende a economizar com a chamada logística reversa, que envolve os processos de devolução de mercadorias ao estoque da loja virtual.

      3. Terceirize o transporte

      A terceirização do transporte evita que o lojista tenha de arcar com diversos custos, que acabam corroendo sua margem de lucro. Contratando uma empresa especializada, o embarcador passa a ter vários ganhos, como a dinamização das rotas e o rastreio das mercadorias durante todo o percurso.

      4. Negocie com as transportadoras

      Fazer cotações ajuda bastante o lojista na hora de encontrar as melhores condições de pagamento antes de contratar o serviço de transporte. No entanto, é preciso tomar cuidado com o “barato que sai caro”, de modo a prezar pela qualidade da entrega e satisfação do cliente.

      5. Diversifique os modos de envio

      Ter uma variedade de opções mostra ao cliente que o e-commerce se preocupa em proporcionar uma boa experiência na entrega. Nesse sentido, firmar um contrato com os Correios pode ser vantajoso ao lojista, principalmente se as mercadorias vendidas são de pequeno e médio porte, por exemplo. Além de representar economia de custos, a estatal tem também a vantagem de ter abrangência em todo o território nacional e até fora dele.

      6. Conte com o auxílio da tecnologia

      Um sistema automatizado de gestão torna as operações do e-commerce mais eficientes. Com ele, várias rotinas antes manuais e demoradas passam a ser executadas em pouco tempo, reduzindo custos e agregando valor ao serviço de entrega. Além disso, a centralização dos dados em uma única interface favorece a tomada de melhores decisões, bem como a identificação e correção de falhas na operação.

      Agora que você conhece as principais dicas de como reduzir o custo de transporte no e-commerce, é preciso ter alguns cuidados ao longo do processo. Um deles é conhecer as necessidades do negócio e as particularidades dos clientes, principalmente em relação à localidade deles. Além disso, contar com boas transportadoras é crucial, de modo a proporcionar um elevado custo-benefício e fidelizar o cliente.

      Gostou do artigo e quer se aprofundar no tema? Então conheça agora mesmo as variáveis para o custo de frete!

      Por:
      eSales
      do autor

      Comentários sobre este post