Otimize a relação com seus fornecedores e qualifique suas operações de Logística Inbound, com organização e agilidade a partir da automatização de processos relacionados com recebimento de carga.

Acompanhe indicadores de desempenho logístico e eleve o nível de suas operações de Logística Outbound com a integração de processos e automatização da troca de informações para maior visibilidade e eficiência de sua gestão.

Obtenha dados de suas vendas no varejo e de distribuidores para aumentar vendas, reduzir rupturas e perdas com informações compartilhadas para estruturar seus processos e auxiliar seu gerenciamento.

Aumente a sua demanda de transportes e seja encontrado por Embarcadores de todo o país.

Facilite a comunicação entre sistemas de gestão e diferentes bancos por meio da transferência de arquivos de forma ágil, íntegra e segura.

    Um sistema capaz de atender os processos de negócios de seus clientes empresariais sem necessitar o investimento em desenvolvimento de sistemas internos.

    O PagPlan é uma solução que permite o pagamento das principais contas de concessionárias (como água, luz, gás, etc.) e DETRANs: utilizando o cartão de crédito como meio de pagamento.

      O EDI Business é uma solução altamente customizável para gestão operacional e estratégica de arquivos.

      O EDI Enterprise oferece uma infinidade de recursos de intercâmbio de informações baseado em um conjunto de regras de envio e recepção, múltiplos protocolos de comunicação, além de topologia altamente flexível.

      Inovação e tecnologia aplicados a emissão, recebimento e armazenamento de documentos fiscais eletrônicos.

      Tecnologia para conectar transportadoras e embarcadores com inteligência e compliance.

      Blog

      Produtividade e Gestão

      Saiba como evitar perdas de estoque na empresa com estas 10 dicas

      1 ano atrás - por:

      perdas de estoque

      As perdas de estoque podem ser vistas como um grande problema para a empresa, tendo em vista sua capacidade de influenciar nas operações, lucros e rentabilidade do negócio, gerando uma série de prejuízos. Entre suas principais causas estão o furto de itens, avarias, erros operacionais, falhas nos registros de produtos, entre outros.

      Apesar de ser um processo desafiador, a boa notícia é que existem algumas medidas que podem ser aplicadas em relação ao controle de estoque, que podem gerar resultados bastantes positivos. Confira!

      1. Realize o inventário do estoque

      Uma boa dica para evitar perdas de estoque é realizar o inventário rotativo, que é aquele feito com mais frequência e que tem o objetivo de identificar itens com datas de vencimentos mais próximas, falta de produtos que estão registrados no sistema, entre outros.

      Com a implementação dessa prática, é possível identificar de forma mais clara a base do problema e, dessa forma, elaborar as medidas mais adequadas para solucioná-lo.

      2. Tenha cuidado com as compras

      Manter um estoque com itens em excesso é outro motivo que leva à perda de produtos, ainda mais em situações de mercadorias com a data de validade vencida. É preciso que os dados sobre o estoque estejam integrados e otimizados com o setor de vendas, assegurando que ele tenha o volume de itens ideal em seu armazém.

      Também é um dever da equipe de compras impedir que a organização tenha perdas em seu estoque. Por esse motivo, uma política de informações e controle sólida é essencial.

      3. Controle os recebimentos

      A atenção com eventuais perdas de estoque se inicia na hora em que os fornecedores entregam as mercadorias à empresa. É nesse momento que dados relevantes, como quantidade, estado de conservação dos itens entregues, validade e demais informações, devem ser registrados com cuidado.

      Com base nesses registros, os colaboradores responsáveis pelo controle de estoque poderão tomar as decisões mais adequadas quando o assunto é armazenar, distribuir e expor os produtos comprados, colaborando para evitar as perdas.

      4. Verifique a rotatividade dos produtos

      É necessário conhecer os produtos que o distribuidor possui, bem como o fluxo de rotatividade desses itens. Por esse motivo, é importante ter em mãos bons dados e fazer uma análise eficiente deles.

      Isso contribui para a definição de indicadores, além de detectar os produtos com mais saída, o período em que os estoques esvaziam e, principalmente, ver as mercadorias que estão paradas. Dessa forma, é possível criar as melhores estratégias para vendê-las de maneira mais rápida e impedir que elas se tornem perdas e prejuízos.

      5. Faça uma boa gestão de estoque

      O gerenciamento do estoque é um dos principais processos para garantir o sucesso das operações da empresa. Afinal, ao acompanhar toda a movimentação dos produtos no estabelecimento, fica mais fácil evitar as perdas.

      Vencimentos, exposição nas prateleiras, transporte e demais fatores são alguns pontos que precisam ser monitorados de perto pelo time responsável por controlar o estoque da empresa, tendo em vista que são grandes causadores de desperdícios.

      6. Realize a previsão de demanda

      Por meio da previsão de demanda e da análise do fluxo de vendas médio, fica mais fácil estabelecer o volume de cada item e quando será preciso repor certa mercadoria.

      Esse procedimento também considera a época do ano. Por exemplo, existem algumas lojas que dobram suas vendas no Dia das Crianças, outras no Natal, então será necessário ter mais produtos no estoque. Mas, para isso, veja quais categorias costumam ter mais buscas nessas épocas para que a previsão de demanda seja feita da forma adequada.

      7. Observe os indicadores

      Todos os processos da empresa, inclusive o controle de estoque, precisam ser avaliados por intermédio dos indicadores de desempenho e resultados. Essas informações são relevantes para mensurar a ocorrência de perdas de estoque e as suas principais causas.

      O planejamento de práticas focadas no controle de perdas de estoque precisa ser feito com fundamento nesses indicadores, já que assim o gestor estará embasado em dados precisos e seguros, evitando erros nos investimentos aplicados em compras de mercadorias.

      8. Utilize um sistema de gestão

      Nos dias atuais, muitas organizações estão aproveitando as diversas ferramentas disponibilizadas no mercado por meio das inovações da tecnologia. Assim, optam pelo sistema de gestão integrada (ERP) em seus negócios, que engloba os setores de finanças, vendas, suprimentos e demais.

      Um bom recurso é fundamental para realizar esse gerenciamento, reunindo várias informações dos departamentos, além de contribuir para a tomada das melhores decisões em tempo hábil.

      Além disso, o sistema de gestão é importante para o gerenciamento de estoque, considerando que ele será responsável por disponibilizar dados para a compra, venda e movimentação de itens que o estabelecimento tem, bem como:

      • mostrar quando um produto importante está com poucas unidades no estoque;
      • identificar um item que está parado há muito tempo no estoque;
      • criar uma visão ampla e em tempo real do que está no estoque e do que saiu etc.

      9. Capacite a equipe

      A equipe responsável por gerenciar o estoque precisa ser qualificada para realizar todo o processo. Por esse motivo, é necessário que os colaboradores sejam devidamente treinados e capacitados.

      Os funcionários precisam entender como fazer todos os registros, utilizar o controle de entrada e saída de mercadorias do estoque — independentemente de ser de maneira manual ou automatizada —, entre outras tarefas que englobam essa função.

      10. Faça promoções

      É preciso evitar a perda de um produto devido ao vencimento de sua data de validade. Esse é um erro que pode ser facilmente evitado por meio da realização de um inventário rotativo ou promoções. Sendo assim, sempre que identificar itens obsoletos nas prateleiras, converse com os demais setores e veja se é possível realizar essas medidas.

      Além de estimular a venda de mercadorias paradas e sem saída, essa ação também colabora para o aumento das vendas, podendo ser uma grande aliada para o marketing do negócio.

      Agora que você já sabe a importante de evitar as perdas de estoque e suas principais causas, aproveite para colocar as dicas apresentadas em prática e evitar prejuízos para o seu negócio.

      Gostou deste conteúdo? Então, assine nossa newsletter e receba informações atualizadas sobre outros temas diretamente no seu e-mail!

      Por:
      eSales
      do autor

      Comentários sobre este post