Otimize a relação com seus fornecedores e qualifique suas operações de Logística Inbound, com organização e agilidade a partir da automatização de processos relacionados com recebimento de carga.

Acompanhe indicadores de desempenho logístico e eleve o nível de suas operações de Logística Outbound com a integração de processos e automatização da troca de informações para maior visibilidade e eficiência de sua gestão.

Obtenha dados de suas vendas no varejo e de distribuidores para aumentar vendas, reduzir rupturas e perdas com informações compartilhadas para estruturar seus processos e auxiliar seu gerenciamento.

Aumente a sua demanda de transportes e seja encontrado por Embarcadores de todo o país.

Facilite a comunicação entre sistemas de gestão e diferentes bancos por meio da transferência de arquivos de forma ágil, íntegra e segura.

    Um sistema capaz de atender os processos de negócios de seus clientes empresariais sem necessitar o investimento em desenvolvimento de sistemas internos.

    O PagPlan é uma solução que permite o pagamento das principais contas de concessionárias (como água, luz, gás, etc.) e DETRANs: utilizando o cartão de crédito como meio de pagamento.

      O EDI Business é uma solução altamente customizável para gestão operacional e estratégica de arquivos.

      O EDI Enterprise oferece uma infinidade de recursos de intercâmbio de informações baseado em um conjunto de regras de envio e recepção, múltiplos protocolos de comunicação, além de topologia altamente flexível.

      Inovação e tecnologia aplicados a emissão, recebimento e armazenamento de documentos fiscais eletrônicos.

      Tecnologia para conectar transportadoras e embarcadores com inteligência e compliance.

      Blog

      Produtividade e Gestão

      Qual a importância do benchmarking? Saiba por que ficar de olho

      3 dias atrás - por:

      benchmarking

      Você já ouviu falar sobre benchmarking e a sua importância para diferentes estratégias? Independentemente do setor, entender quais são as melhores práticas do mercado é essencial para que você possa aplicar estratégias relevantes ao negócio e obtenha melhores resultados. No setor logístico, não é diferente. Nesse sentido, o benchmarking se refere a uma análise mais estratégica sobre as ações de outras empresas, de modo que você as utilize como referência para rever processos e propor melhorias.

      Porém, muitas vezes há dúvidas de como realizá-lo de maneira prática e quais são os principais ganhos que essa estratégia traz para a empresa. Pensando nisso, elaboramos este material para que você fique por dentro do tema. Continue a leitura e saiba mais!

      Qual a importância do benchmarking para a empresa?

      Primeiro, vamos entender alguns dos principais ganhos proporcionados pelo benchmarking. Veja!

      Mais eficiência para a empresa

      Suponhamos que, ao pesquisar uma empresa cujo nicho de atuação é muito semelhante ao seu, você percebe que um processo que era comum em seu negócio pode ser otimizado de forma muito mais efetiva com o uso de uma ferramenta. Ao contratar essa solução para o seu negócio, automaticamente há mais eficiência para os processos, especialmente se ela estiver ligada à gestão.

      Nesse sentido, muitos benefícios podem ser usufruídos, desde o ganho de produtividade dos profissionais até à possibilidade de as pessoas do negócio poderem ter um olhar mais estratégico para as mais diversas vertentes. Afinal, o tempo que seria destinado a uma atividade manual pode ser dedicado a funções que de fato impactam os indicadores macro da empresa.

      Alcançar diferenciais competitivos

      Essa vantagem está diretamente relacionada à anterior. A partir do momento que há mais produtividade da empresa e uma melhor otimização dos serviços prestados, você tem a oportunidade de adquirir um diferencial competitivo no mercado, bem como melhorar os resultados e se destacar entre os concorrentes.

      Assimilar boas práticas em produtos

      Como vimos, ao realizar o benchmarking em um negócio, você tem a oportunidade de identificar quais são as melhores práticas do mercado e entender como elas poderiam beneficiar o seu negócio. Outro ponto que se destaca nesse sentido é que você vai estar mais preparado para as mudanças ocasionadas em diferentes cenários, de modo que toda a sua equipe saiba como agir em momentos desafiadores.

      Ter mais visibilidade sobre processos internos

      Com o benchmarking, você não analisará somente o mercado externo, como também terá mais visibilidade para os seus processos internos. Por meio de um diagnóstico preciso da sua atual operação, há a oportunidade até mesmo de identificar quais são as ações que não estão sendo efetivas, o que pode ser modificado e como os seus profissionais atuam hoje no negócio.

      São diversas as perguntas que podem ser respondidas, como:

      • quais são as etapas dos processos logísticos já utilizados? Eles realmente são eficazes?
      • Como os colaboradores se comportam nas diferentes fases do trabalho?
      • Hoje, a empresa se encontra em qual contexto?
      • Como é possível me aperfeiçoar para que a empresa seja um destaque no segmento de atuação?
      • As ferramentas utilizadas hoje de fato são as mais indicadas para a minha realidade?
      • As metas e objetivos da empresa atendem ao que de fato necessitamos para progredir?; entre outros.

      Como fazer um benchmarking com qualidade?

      Agora que você já conhece um pouco mais sobre a importância do benchmarking, chegou o momento de entendermos algumas dicas para que ele seja feito com qualidade e eficiência. Confira!

      Planejamento

      Independentemente de qual seja a estratégia adotada em seu negócio, é essencial contar com um bom planejamento para que você consiga cumprir com todas as etapas e alcançar o objetivo proposto. No caso do benchmarking, essa etapa será essencial para você definir quais são as empresas que vai conversar, quais são as principais perguntas que deseja fazer e quais são as áreas cruciais que vai focar no momento da estratégia.

      Existe, ainda, o benchmarking interno. Nesse caso, uma área se comunica com a outra para entender como eles trabalham e como é a rotina. Se esse for o seu caso, o ideal é que elas sejam compatíveis. Ou seja, os processos se assemelham, mesmo com objetivos distintos.

      Estabeleça quais são os indicadores de análise

      Outro ponto importante do benchmarking é entender quais são os principais indicadores de análise. Exemplo: suponhamos que você deseja aprimorar o processo de entregas de seu negócio. Nesse sentido, os indicadores ideais seriam o prazo para chegar ao consumidor final, quais são as ferramentas utilizadas para a gestão das entregas, qual é o processo interno da equipe até que o produto seja despachado, entre outros.

      Por essa razão, tenha em mãos números que você já acompanha e utilize-os como comparativos para a equipe que você terá esse contato. Nesse sentido, há uma facilidade mais significativa para que essa estratégia de fato seja aplicada à realidade da sua empresa.

      Compare as informações

      O principal objetivo do benchmarking, como vimos, é entender como as outras empresas trabalham e analisar quais são as estratégias que podem ser aplicadas na sua empresa, certo? Nesse caso, quando você finalizar a conversa com as organizações com as quais teve contato, o ideal é fazer um comparativo com as informações que coletou.

      Muitas vezes, o que dá muito certo em uma empresa não necessariamente vai repetir o êxito em uma realidade distinta. Por essa razão, é preciso ter um olhar crítico nessa etapa e analisar como ferramentas, números e processos poderiam aumentar o sucesso da sua empresa.

      Faça o levantamento dos altos e baixos

      Por fim, indicamos que faça o levantamento dos altos e baixos de seu negócio. Quais são as rotinas que já vêm dando muito certo e que nem todas as empresas perceberam isso? Quais são aquelas que realmente podem ser melhoradas? Assim, você vai cumprir com o objetivo da ação e poder ter resultados mais atrativos.

      Neste conteúdo, você pôde entender um pouco mais sobre a importância do benchmarking, além de conferir como ele pode ser aplicado na realidade logística. Como vimos, o ideal é ter um objetivo pré-estabelecido para a sua estratégia, além de se planejar de forma adequada para usufruir dos benefícios dessa prática.

      Se você gostou deste material e deseja entender um pouco mais sobre a gestão da cadeia de suprimentos, continue no blog e acompanhe um outro conteúdo que produzimos.

      Por:
      eSales
      do autor

      Comentários sobre este post