Otimize a relação com seus fornecedores e qualifique suas operações de Logística Inbound, com organização e agilidade a partir da automatização de processos relacionados com recebimento de carga.

Acompanhe indicadores de desempenho logístico e eleve o nível de suas operações de Logística Outbound com a integração de processos e automatização da troca de informações para maior visibilidade e eficiência de sua gestão.

Obtenha dados de suas vendas no varejo e de distribuidores para aumentar vendas, reduzir rupturas e perdas com informações compartilhadas para estruturar seus processos e auxiliar seu gerenciamento.

Aumente a sua demanda de transportes e seja encontrado por Embarcadores de todo o país.

Facilite a comunicação entre sistemas de gestão e diferentes bancos por meio da transferência de arquivos de forma ágil, íntegra e segura.

    Um sistema capaz de atender os processos de negócios de seus clientes empresariais sem necessitar o investimento em desenvolvimento de sistemas internos.

    O PagPlan é uma solução que permite o pagamento das principais contas de concessionárias (como água, luz, gás, etc.) e DETRANs: utilizando o cartão de crédito como meio de pagamento.

      O EDI Business é uma solução altamente customizável para gestão operacional e estratégica de arquivos.

      O EDI Enterprise oferece uma infinidade de recursos de intercâmbio de informações baseado em um conjunto de regras de envio e recepção, múltiplos protocolos de comunicação, além de topologia altamente flexível.

      Inovação e tecnologia aplicados a emissão, recebimento e armazenamento de documentos fiscais eletrônicos.

      Tecnologia para conectar transportadoras e embarcadores com inteligência e compliance.

      Blog

      Logística Inbound, Logística Outbound

      Frete grátis vale a pena? Descubra agora!

      4 anos atrás - por:

      Um dos motivos que torna inviável a compra pela internet é o valor elevado dos fretes. Não é raro um consumidor efetuar uma compra em que o frete sai mais caro que os produtos comprados. Por esse motivo, o custo-benefício nem sempre compensa.

      Certamente, há um impacto para a loja virtual, que poderia vender mais se o custo do frete fosse mais baixo ou se não existisse. Porém, a loja precisa pesar bem essa possibilidade para não ter prejuízos.

      Veja se o frete grátis realmente vale a pena e em que ocasiões pode ser usado!

      O crescimento do e-commerce

      Sem dúvida, a internet é um canal de compras muito disputado pelos lojistas. O ambiente virtual compete em pé de igualdade (e até com certa superioridade) com o ambiente físico. Vale lembrar que os representantes da nova geração efetuam a maior parte de suas compras no ambiente digital.

      Vender pela internet exige menos burocracia para o vendedor e é bem mais cômodo para o consumidor. O cliente acessa o site, escolhe seu produto entre as diferentes opções e a forma de pagamento (boleto, depósito, transferência bancária ou cartão de crédito) — tudo usando o seu computador, notebook, tablet ou dispositivo móvel.

      Até para fazer o pagamento, o comprador usufrui de comodidade, tendo a oportunidade de usar internet banking ou telefone.

      Ou seja, tudo favorece a compra, exceto por um detalhe: o frete.

      Existem leis que regulam o envio de mercadorias pelos Correios ou por via de transportadoras, o que muitas vezes encarece o frete. Caso o produto seja encontrado no próprio município do consumidor, compensa muito mais que ele realize a compra presencial do que fazer a compra pela internet.

      É aí que entra o frete grátis como uma forma de atrair o consumidor e levá-lo a concretizar sua aquisição, tornando-a mais cômoda e vantajosa.

      O frete grátis a partir de um valor específico

      Uma forma de o lojista aproveitar melhor as oportunidades é oferecer frete grátis a partir de um determinado total em compras, um valor mínimo. Essa estratégia tem sido adotada por muitos vendedores do e-commerce.

      Além de ser atraente para os consumidores, gerando mais clientes, essa estratégia também ajuda a aumentar o ticket médio de compras. Se, por exemplo, o ticket médio do e-commerce for de R$ 60,00, o lojista poderá oferecer frete grátis a partir de R$ 70,00 ou R$ 80,00, aumentando assim o ticket médio.

      Muitos consumidores (aproximadamente 70%) chegam mesmo a colocar mais produtos em sua cesta a fim de conseguir o frete grátis.

      O importante é entender que o frete só será grátis para uma das partes: no caso de o consumidor ficar isento, o lojista certamente pagará. Mas, ainda assim, pode fazer acordos com transportadoras ou com os Correios de modo a obter reduções no valor dos fretes.

      A loja online também pode trabalhar com uma margem de lucro um pouco mais alta para não ter prejuízos.

      O frete grátis para produtos específicos

      Para conquistar os consumidores, o lojista pode escolher alguns produtos específicos para oferecer frete grátis. Ele tanto pode embutir o frete no preço final da mercadoria ou aplicar a estratégia em produtos que são mais fáceis de transportar, barateando os custos de envio.

      Produtos que têm alta demanda e são vendidos em grande quantidade também podem ser incluídos na categoria frete grátis. O lojista nunca pode esquecer que quando um item vende muito pode até compensar a falta de lucro com produtos que ficam parados em estoque.

      O frete grátis em épocas específicas (segundo a sazonalidade)

      Em certas épocas, as vendas podem aumentar consideravelmente. Trata-se de uma excelente oportunidade de oferecer frete grátis e lucrar ainda mais.

      O lojista deve ficar alerta a datas comemorativas e feriados, como Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia das Crianças, Dia dos Namorados, Festas Juninas, Festas Natalinas e assim por diante. Um dia muito especial para essa oferta é o Black Friday.

      Muitas empresas do comércio eletrônico já recorrem bastante à sazonalidade para utilizar o frete grátis.

      O frete grátis para algumas regiões

      Outra forma de aplicar sabiamente a estratégia é ofertando frete grátis para regiões específicas. Locais próximos têm frete menos caro, o que não implica em um custo muito alto para o lojista.

      Assim, ele pode oferecer frete grátis para toda a sua região e regiões próximas, para sua cidade, para seu estado, etc. No Mercado Livre, é comum observar os vendedores isentarem o cliente do frete conforme a região.

      Mais uma vez, o consumidor que estiver dentro do perímetro definido pelo vendedor se sentirá mais estimulado a comprar e contribuirá para aumentar a margem de lucro do lojista.

      Retirada pessoalmente

      Essa técnica também é muito aplicada pelos vendedores de comércio eletrônico. O cliente tem a opção de retirar sua mercadoria em um local específico, como no ponto de distribuição, no armazém ou mesmo na casa do vendedor.

      Essa é uma forma de atrair o consumidor para a loja física, estimulando a realização de novas compras.

      É muito importante para quem tem comércio físico e eletrônico integrar ambos. Ou seja, suas estratégias devem levar o cliente do e-commerce a adquirir produtos na loja física e incentivar os clientes da loja física a comprar pela internet.

      O planejamento estratégico antes de começar a oferecer o frete grátis

      O lojista pode (e deve) usar as sugestões acima de forma combinada, respeitando o perfil de sua empresa. Quanto mais possibilidades ele tiver para oferecer o frete grátis sem se prejudicar melhor será o relacionamento e a satisfação com seu cliente, diferencial que otimizará seu potencial competitivo.

      É recomendável elaborar um bom planejamento estratégico antes de aplicar sua estratégia do frete grátis, sempre considerando fatores como:

      • conhecimento dos produtos da loja: dimensões e peso dos produtos vendidos (mercadorias maiores e mais pesadas envolvem custos mais elevados);
      • valor do ticket médio da loja;
      • localização dos clientes (onde moram os consumidores, em que região, a que distância média da loja);
      • análise da concorrência (o lojista deve conhecer os preços e as formas de frete grátis oferecidos pelas lojas concorrentes para ter uma noção de como o seu segmento está se desenvolvendo).

      O que achou desse post? Serviu para fornecer alguns insights sobre frete grátis? Aproveite e faça o compartilhamento do post em suas redes sociais e troque ideias com seus contatos sobre o assunto!

      Por:
      eSales
      do autor

      Comentários sobre este post