Otimize a relação com seus fornecedores e qualifique suas operações de Logística Inbound, com organização e agilidade a partir da automatização de processos relacionados com recebimento de carga.

Acompanhe indicadores de desempenho logístico e eleve o nível de suas operações de Logística Outbound com a integração de processos e automatização da troca de informações para maior visibilidade e eficiência de sua gestão.

Obtenha dados de suas vendas no varejo e de distribuidores para aumentar vendas, reduzir rupturas e perdas com informações compartilhadas para estruturar seus processos e auxiliar seu gerenciamento.

Aumente a sua demanda de transportes e seja encontrado por Embarcadores de todo o país.

Facilite a comunicação entre sistemas de gestão e diferentes bancos por meio da transferência de arquivos de forma ágil, íntegra e segura.

    Um sistema capaz de atender os processos de negócios de seus clientes empresariais sem necessitar o investimento em desenvolvimento de sistemas internos.

    O PagPlan é uma solução que permite o pagamento das principais contas de concessionárias (como água, luz, gás, etc.) e DETRANs: utilizando o cartão de crédito como meio de pagamento.

      O EDI Business é uma solução altamente customizável para gestão operacional e estratégica de arquivos.

      O EDI Enterprise oferece uma infinidade de recursos de intercâmbio de informações baseado em um conjunto de regras de envio e recepção, múltiplos protocolos de comunicação, além de topologia altamente flexível.

      Inovação e tecnologia aplicados a emissão, recebimento e armazenamento de documentos fiscais eletrônicos.

      Tecnologia para conectar transportadoras e embarcadores com inteligência e compliance.

      Blog

      Gestão de Vendas e VMI

      Sugestão de pedidos para fornecedores: como esse processo pode contribuir para manter o ritmo das vendas?

      2 anos atrás - por:

      sugestão de pedido

      Definir processos mais ágeis na relação entre indústria e parceiros de distribuição e varejo é uma busca permanente e que tem muito a ganhar quando novas soluções tecnológicas são associadas ao processo para contribuir com uma comunicação cada vez mais dinâmica e precisa. Em casos assim é que uma funcionalidade de sugestão de pedidos se destaca, pois ela tem o papel de otimizar a troca de informações, o que é fundamental para o gerenciamento de grandes estoques.

      Implementar a sugestão de pedidos na rotina de uma empresa permite manter bons níveis de ritmo de vendas e organização logística, uma vez que tanto a indústria quanto seus distribuidores terão dados importantes sobre os hábitos dos seus consumidores e, a partir disso, conseguirão entender como se comporta a demanda pelos principais itens, tornando possível otimizar seus processos e manter o andamento dos pedidos sempre de acordo com o que é solicitado de forma regular. 

      Neste post, falaremos mais sobre a sugestão de pedidos, como ela contribui para os resultados de uma empresa e de que maneira ela pode ser automatizada. Confira nosso conteúdo criado a partir da percepção de Rudney Moreno, executivo de contas da eSales. Boa leitura!

      A importância do processo de sugestão de pedidos

      A sugestão de pedidos faz parte das soluções oferecidas pela eSales como uma forma de otimizar um dos processos essenciais no ciclo de Supply Chain. Assim, a indústria pode ter acesso a sugestões de pedidos com base nos dados de solicitações anteriores, já que o sistema busca prever uma demanda de produtos que mais se assemelha com o que geralmente é solicitado por distribuidores ou varejo, sempre utilizando como base padrões encontrados em pedidos anteriores.

      A proposta desse recurso é manter processos mais fluidos com ajuda da automação para garantir que haja menos trabalho manual a ser feito. A sugestão de pedidos garante que chegue até à indústria uma previsão de pedidos que considerem as necessidades reais dos clientes, de acordo com o que se repetiu ao longo das últimas solicitações feitas.

      Essas sugestões pontuam questões básicas como quais itens e a quantidade de cada um, além de realizar sugestões direcionadas de acordo com os dias do mês em que geralmente os pedidos são feitos. No geral, isso ajuda a manter organizada a agenda de demandas recorrentes.

      Como funciona o processo

      A sugestão de pedidos funciona a partir da comunicação entre a indústria e seu parceiro de distribuição, atuando de forma que as informações trocadas sejam conferidas antes de ter sua confirmação. Caso o distribuidor siga com a sugestão, a indústria recebe a notificação e emite um alerta sobre a capacidade de entregar aquele volume.

      Também é possível, após o pedido feito, baixar ou imprimir um arquivo PDF com o detalhamento dessa ordem de compra, contendo os itens e a quantidade de cada um deles. Os pedidos podem ser emitidos por EDI, FTP, web service ou qualquer outro meio de comunicação.

      Em todo o processo, todos os pontos da cadeia logística podem ter acesso às informações, um diferencial para preparar a demanda de acordo com os seus responsáveis durante este ciclo. Indústria e distribuidores também têm a possibilidade de manter contato por meio do sistema para tratar quaisquer detalhes sobre a sugestão e o pedido, quando concretizado.

      Entenda como esse processo pode contribuir para manter o ritmo de vendas

      Uma das grandes preocupações em relação a manter um processo dinâmico na gestão logística é o ritmo de vendas. Uma vez que, sem o abastecimento ágil, é difícil conseguir manter um fornecimento competente e se corre o risco de haver prejuízo ao consumidor final. Isso, por consequência, pode deixar a situação das vendas sob risco.

      Diante disso, o processo de sugestão de pedidos tem potencial de ser um grande facilitador, pelo potencial de tornar as etapas mais dinâmicas. Entenda, por meio de alguns pontos, como é possível manter o ritmo de vendas em bom nível com a ajuda das sugestões:

      Agilidade e rapidez na geração e no recebimento dos pedidos

      A organização pedidos é uma tarefa simples da rotina logística, tanto para quem os emite quanto para quem os recebe. Mas, sem o devido cuidado, é possível enfrentar alguns problemas. Do ponto de vista de quem faz a distribuição, a falta de controle nos estoques pode resultar em pedidos tardios, gerando faltas que são prejudiciais.

      Quanto à indústria, sem a devida previsibilidade, há a dificuldade de entregar o que o seu parceiro de distribuição deseja. A sugestão de pedidos garante que haja, por parte desse fornecedor, um recurso para previsão do que será necessário com o auxílio de dados reais para comprovar ao distribuidor a legitimidade da demanda a partir dos registros de venda realizada.a.

      Quanto ao distribuidor, a sugestão automatizada preenche suas necessidades no tempo certo, mantendo um ritmo de reabastecimento eficaz. Consequentemente, todo esse cenário contribui para que nunca falte produto e as vendas se mantenham sempre em um bom ritmo.

      Maior previsibilidade em centros de distribuição

      Centros de distribuição precisam de previsibilidade para conseguir entregar todas as suas demandas. As dificuldades surgem quando cada pedido chega repentinamente. E, apesar de isso ser comum, é fundamental buscar recursos de melhoria. A sugestão de pedidos é uma forma de aumentar a previsibilidade e capacitar esses locais a conseguirem atender todos os clientes.

      No caso dos centros de distribuição, é necessário ter uma ideia de qual será o nível de demanda de entregas, o que depende diretamente do volume de pedidos. Com a sugestão, essa parte da cadeia se mantém integrada à fabricante e ao cliente, sabendo quando e quanto de volume, aproximadamente, precisará entregar. De modo geral, a organização e a acuracidade melhoram bastante.

      Como o Supply Analytics 4.0 pode contribuir 

      O Supply Analytics 4.0, desenvolvido pela eSales, conta com uma camada dedicada exclusivamente para a análise de dados aplicada à gestão da cadeia de suprimentos. Essa é a base do processo de sugestão de pedidos, garantindo, por meio das informações retidas, uma previsibilidade maior do que o cliente possui frequentemente.

      Com foco no fornecimento de informações para tomadas de decisão gerenciais, essa solução conta também com a análise de dados de sell in e sell out, parâmetros e restrições de recebimento, entre outros indicadores relevantes para a operação.

      Basicamente, trata-se de uma ferramenta com foco analítico, permitindo acessar dados detalhados de toda a atividade de suprimentos e seus desdobramentos comerciais.

      As funcionalidades principais do Supply Analytics 4.0

      Para ser uma ferramenta relevante, a solução entrega algumas funcionalidades essenciais para o monitoramento e o aumento da previsibilidade buscada. Entre essas principais funções, estão:

      • auditoria de informações de acordo com as Notas Fiscais
      • indicadores de gestão de venda;
      • indicadores de volume de pedidos;
      • monitoramento de perda de receita por ruptura;
      • automatização da coleta de dados de vendas e logística;
      • geração de relatórios informativos;
      • disponibilização de dashboards flexíveis para monitoramento de informações;
      • centralização de todos os dados coletados.

      A sugestão de pedidos tem a possibilidade de ser um processo fundamental, se utilizada da maneira certa. Com o suporte de uma ferramenta de gestão e análise, como o Supply Analytics 4.0, é possível ter uma relação mais fácil com a sua cadeia de distribuição, prevendo pedidos e realizando sugestões mais precisas, o que gera uma consistência no ritmo de vendas como ganho principal, o que é benéfico para todos os elos da cadeia.

      Gerenciar as demandas de supply chain e otimizar os resultados com a ajuda da tecnologia é possível! Entre em contato conosco e saiba como podemos ajudar seu negócio.

      Por:
      eSales
      do autor

      Comentários sobre este post