Otimize a relação com seus fornecedores e qualifique suas operações de Logística Inbound, com organização e agilidade a partir da automatização de processos relacionados com recebimento de carga.

Acompanhe indicadores de desempenho logístico e eleve o nível de suas operações de Logística Outbound com a integração de processos e automatização da troca de informações para maior visibilidade e eficiência de sua gestão.

Obtenha dados de suas vendas no varejo e de distribuidores para aumentar vendas, reduzir rupturas e perdas com informações compartilhadas para estruturar seus processos e auxiliar seu gerenciamento.

Aumente a sua demanda de transportes e seja encontrado por Embarcadores de todo o país.

Facilite a comunicação entre sistemas de gestão e diferentes bancos por meio da transferência de arquivos de forma ágil, íntegra e segura.

    Um sistema capaz de atender os processos de negócios de seus clientes empresariais sem necessitar o investimento em desenvolvimento de sistemas internos.

    O PagPlan é uma solução que permite o pagamento das principais contas de concessionárias (como água, luz, gás, etc.) e DETRANs: utilizando o cartão de crédito como meio de pagamento.

      O EDI Business é uma solução altamente customizável para gestão operacional e estratégica de arquivos.

      O EDI Enterprise oferece uma infinidade de recursos de intercâmbio de informações baseado em um conjunto de regras de envio e recepção, múltiplos protocolos de comunicação, além de topologia altamente flexível.

      Inovação e tecnologia aplicados a emissão, recebimento e armazenamento de documentos fiscais eletrônicos.

      Tecnologia para conectar transportadoras e embarcadores com inteligência e compliance.

      Blog

      Gestão de Vendas e VMI

      Quais são os impactos e o que sua empresa deve fazer para evitar a ruptura de estoque?

      2 anos atrás - por:

      custo da ruptura de estoque

      Para que uma organização conquiste os resultados que precisa para manter a saúde de sua operação, algumas ações devem ser tomadas com foco em itens como a redução de custos. Por esse motivo, os impactos no orçamento causados pela ruptura de estoque podem comprometer qualquer estratégia, além de ser um gargalo que traz a insatisfação ao seu cliente final. E isso pode ocorrer devido ao fato de sua operação não contar com produtos suficientes para atender determinada demanda, o que pode também prejudicar o bom relacionamento com distribuidores e clientes.

      Pensando nisso, elaboramos este conteúdo baseado na entrevista com o Guilherme Costa, nosso executivo de contas, no qual você vai conhecer as possíveis causas da ruptura de estoque, o seu custo e quais estratégias podem ser adotadas para evitar esse problema. Boa leitura!

      Quais as principais causas da ruptura de estoque?

      Entre as principais causas da ruptura, destaca-se a má gestão do estoque, uma vez que a equipe não terá um conhecimento preciso sobre quais produtos estão dispostos e quais são aqueles que necessitarão de reposição em breve. Além disso, campanhas de marketing que se desencontram com o planejamento de produção podem ocasionar em uma demanda maior do que a prevista, com vendas que estão além da frequência de reposição planejada.

      Outro ponto que deve ser mencionado é a necessidade de manter uma regularidade na compra de produtos de acordo com a realidade de seu negócio. Assim, você terá o entendimento do período necessário para novas compras, o que diminui as chances de faltar produtos independentemente do contexto.

      Em empresas que são impactadas pela ruptura de estoque, é possível se observar:

      • perda de estoque;
      • melhor posicionamento da marca de concorrentes;
      • perda de clientes;
      • redução da fatia de mercado.

      Quais as principais práticas para se ter mais eficiência na gestão de estoque?

      Existem boas práticas que podem ser adotadas por uma empresa para obter eficiência na gestão de estoque. Criar padrões e regras para a sua gestão, desenhar o fluxo de entrada e saída, além de contar com um bom processo de previsão de demanda para antecipar as movimentações de mercado e preparar a sua empresa para os picos de vendas (bem como períodos que elas são mais fracas) são bons exemplos.

      Para que isso ocorra, é preciso que haja visibilidade dos indicadores de vendas e de estoque compartilhada entre a indústria e seus parceiros, como distribuidores e varejo. Outra estratégia que pode ser adotada em sua equipe é a gestão colaborativa, na qual há uma redução de custos e uma melhor troca de informação entre os profissionais, diminuindo significativamente as chances de haver uma ruptura de estoque.

      Como a tecnologia pode ser uma aliada para evitar a ruptura de estoque?

      A tecnologia pode se tornar uma aliada das operações em diferentes cenários, uma vez que a automação de processos possibilita ganhos de produtividade e maior engajamento da equipe. No caso do estoque, destaca-se principalmente o fato de que a quantidade de produtos solicitada por um distribuidor é relativamente grande, o que exige uma avaliação de diferentes lotes de produtos, além de suas particularidades.

      Caso haja uma previsão de vendas calculada manualmente, é provável ocorrer erros que trarão prejuízos para o negócio, como adquirir muitos produtos com pouca demanda ou vice-versa, trazendo assim a ruptura de estoque como consequência.

      Ao adotar uma ferramenta automatizada específica para esta atividade, as suas funcionalidades permitirão com que haja um acompanhamento das vendas de determinados produtos, o que traz uma análise mais objetiva para a gestão de compras. Quando se trata de um grande volume de dados, de compra e de venda dos produtos, é preciso contar com um auxílio nesse sentido, uma vez que a leitura dos indicadores será baseada no comportamento de seus consumidores e é essencial que seja precisa.

      A eSales pode apoiar sua empresa para evitar a ruptura de estoque

      Conforme falamos, existem alguns recursos que oferecem um bom cálculo de reposição de estoques para evitar as rupturas. Entre eles, está a inteligência artificial, que é utilizada principalmente para prever a demanda e, por consequência, sugerir uma reposição de estoque de forma eficaz.

      Nesse sentido, o Supply Analytics 4.0 pode contribuir significativamente para oferecer algumas informações de forma qualificada e automatizada para a sua gestão, entre elas:

      • estoque e sell out para planejamento de produção;
      • previsibilidade de demanda para gerenciamento de pedidos;
      • vendas em quantidade e preço;
      • sugestão de pedido de abastecimento dos Centros de Distribuição;
      • entre outros

      Dessa forma, reduzimos a chance de ocorrer falhas humanas durante o processo a partir de uma integração completa da cadeia de abastecimento, gerando benefícios para indústria, distribuidores e varejo.

      O que torna nossa solução uma importante aliada para prevenção de ruptura no estoque é a precisão na auditoria dos dados, que trará informações concisas para a tomada de decisão da equipe, além da gestão e o fácil entendimento das informações compartilhadas, que são outros destaques da solução. Por meio dessa tecnologia, a indústria terá a oportunidade de visualizar os dados de forma acurada e ágil em diferentes etapas.

      Deve-se destacar, ainda, o fato da visualização dessas informações ser flexível, podendo ser personalizada de acordo com a necessidade de cada empresa na visualização e compartilhamento de suas informações para um melhor gerenciamento do estoque.

      Sendo assim, é preciso ressaltar que o Supply Analytics 4.0 oferece agilidade em todo o processo, permitindo com que os profissionais possam desempenhar as suas funções de maneira mais estratégica, além de contar com dados reais e precisos para uma melhor gestão do estoque.

      A longo prazo, a empresa poderá contar com diferenciais que trarão uma vantagem competitiva expressiva para os seus resultados. Por meio desses relatórios, existe a possibilidade de monitorar os resultados de campanhas comerciais e de marketing de forma mais eficaz, contribuindo para que haja um conhecimento mais detalhado sobre o comportamento de seu público e podendo direcionar investimentos para um foco cada vez mais centrado nas necessidades dos seus clientes.

      Dessa forma, evitamos que as tomadas de decisão sejam elaboradas com base em achismos, reduzindo os riscos e o desengajamento de seus profissionais e, principalmente, evitando perdas financeiras. Além disso, outras vantagens podem ser destacadas:

      • redução de custos;
      • otimização da produção;
      • níveis de estoque controlados;
      • alavancagem da receita.

      Neste artigo, falamos um pouco mais sobre a ruptura de estoque, quais são os prejuízos que isso traz para a empresa e trouxemos algumas dicas de como evitá-la. Além disso, mostramos de que forma o Supply Analytics 4.0 pode ser um aliado na busca de um melhor planejamento para a sua empresa. Por meio dessas ações, certamente você terá a oportunidade de definir estratégias com foco maior nos seus clientes e, dessa forma, obter resultados relevantes para a sua operação.

      Gostou das dicas apresentadas e deseja tirar suas dúvidas quanto à nossa solução? Entre em contato com a gente, converse com nossos profissionais e saiba mais!

      Por:
      eSales
      do autor

      Comentários sobre este post