Otimize a relação com seus fornecedores e qualifique suas operações de Logística Inbound, com organização e agilidade a partir da automatização de processos relacionados com recebimento de carga.

Acompanhe indicadores de desempenho logístico e eleve o nível de suas operações de Logística Outbound com a integração de processos e automatização da troca de informações para maior visibilidade e eficiência de sua gestão.

Obtenha dados de suas vendas no varejo e de distribuidores para aumentar vendas, reduzir rupturas e perdas com informações compartilhadas para estruturar seus processos e auxiliar seu gerenciamento.

Aumente a sua demanda de transportes e seja encontrado por Embarcadores de todo o país.

Facilite a comunicação entre sistemas de gestão e diferentes bancos por meio da transferência de arquivos de forma ágil, íntegra e segura.

    Um sistema capaz de atender os processos de negócios de seus clientes empresariais sem necessitar o investimento em desenvolvimento de sistemas internos.

    O PagPlan é uma solução que permite o pagamento das principais contas de concessionárias (como água, luz, gás, etc.) e DETRANs: utilizando o cartão de crédito como meio de pagamento.

      O EDI Business é uma solução altamente customizável para gestão operacional e estratégica de arquivos.

      O EDI Enterprise oferece uma infinidade de recursos de intercâmbio de informações baseado em um conjunto de regras de envio e recepção, múltiplos protocolos de comunicação, além de topologia altamente flexível.

      Inovação e tecnologia aplicados a emissão, recebimento e armazenamento de documentos fiscais eletrônicos.

      Tecnologia para conectar transportadoras e embarcadores com inteligência e compliance.

      Blog

      Logística Inbound, Logística Outbound

      Veja 7 dicas para otimizar logística na indústria farmacêutica!

      2 anos atrás - por:

      logística na indústria farmacêutica

      A gestão de uma farmácia é repleta de vários desafios, como o aumento da competitividade no mercado advindo do crescimento do uso de medicamentos genéricos, atualização frequente do estoque, armazenamento dos itens, falta de sincronia com o processo de vendas, necessidade de áreas adequadas para a armazenagem de medicamentos etc.

      Para isso, é importante contar com uma logística na indústria farmacêutica eficaz, com a finalidade de organizar o fluxo dos processos e atender as demandas do setor. Pelo fato de assumir um papel importante e ser um diferencial para a instituição chegar ao sucesso esperado, elaboramos este post para mostrar como otimizar os processos logísticos e suas vantagens. Acompanhe!

      Como otimizar a logística na indústria farmacêutica?

      Existem diversas ações e estratégias que podem ser aplicadas para melhorar a qualidade dos serviços executados e agregar eficiência aos procedimentos executados em uma farmácia. Por isso, separamos aqui 7 dicas.

      1. Monitore o fluxo da transportadora

      Medicamentos e outros materiais podem sofrer danificações ao longo do transporte. Por esse motivo, é necessário realizar um acompanhamento frequente dos itens quando forem entregues. Além disso, é preciso garantir que a entrada no estoque seja compatível com os produtos que foram entregues em bom estado.

      Nesse caso, o ideal é contar com transportadoras que tenha referências positivas no ramo da logística, boa avaliação dos clientes e, principalmente, que tenha uma política de prevenção quanto aos contratempos que possam acontecer, minimizando de forma considerável as chances de ocorrência de imprevistos com as mercadorias.

      2. Tenha uma boa gestão de estoque

      Adotar medidas que asseguram um gerenciamento de estoque eficaz deve ser uma preocupação constante de qualquer organização, não apenas no segmento farmacêutico. O recebimento, a separação e a saída de produtos devem ser executados de maneira segura e precisa, sem elevar os custos ou influenciar na qualidade dos itens.

      Apenas com boas ações de armazenagem é possível garantir que o estoque tenha plenas condições de atender com agilidade todas as demandas do mercado, incluindo as interferências sazonais ou elevação inesperada do consumo.

      3. Sincronize os processos

      Pode acontecer dos colaboradores da farmácia deixarem de atualizar os estoques na hora em que a mercadoria chega e também quando ela sai. Por isso, escolha um sistema que faça a integração dos processos e evitem que outros procedimentos importantes sejam executados sem que a atualização simultânea seja feita, como nos seguintes casos:

      • impedir o recebimento dos vendedores por produtos que não estiverem cadastrados no estoque com quantidade suficiente;
      • autorizar recebimento pelo operador de caixa somente após a confirmação da saída do medicamento, quando indicado por um farmacêutico ao cliente, permitindo a conferência do valor contido no caixa conforme cada item é retirado do estoque.

      4. Preze pela segurança

      Em certas farmácias, pode acontecer de materiais e remédios desaparecerem. Normalmente, a finalidade é o próprio consumo de alguém, uso indevido ou venda no mercado ilegal. Para evitar esse tipo de situação, invista na segurança dos produtos por meio da implementação de um espaço apropriado e específico para estoque. Uma boa opção é ter um galpão exclusivo para que os itens fiquem armazenados, permitindo o acesso somente de pessoas autorizadas e de confiança.

      5. Monitore as mercadorias

      Com o avanço da tecnologia, o monitoramento de mercadorias ficou bem mais fácil, tendo em vista o surgimento de equipamento que fornecem informações constantes a respeito da localização e do estado do produto.

      Isso faz com que seja possível uma maior agilidade na resolução de transtorno, como panes no veículo, desvio de rotas e demais, evitando atrasos e assegurando o cumprimento dos prazos de entrega. Como é possível acompanhar todas as etapas do transporte, também há uma melhora no relacionamento entre fornecedores e clientes.

      6. Faça um estudo da logística

      Em relação aos serviços de entrega, avalie qual é a viabilidade para a farmácia. É importante ter em mente de que essa prestação de serviços exige ainda mais controle do estoque, além das despesas com motoboys, combustível, entre outros. Nesse caso, o ideal é investir em sistemas gerenciais para evitar possíveis problemas.

      Sobre a adoção de uma ferramenta para gerenciar os custos, escolha uma que disponibilize praticidade, simplicidade de operação, que possa ser administrada por meio da internet e que seja compatível com o porte do negócio.

      7. Opte por uma logística integrada

      Fazer a integração das práticas logísticas entre si e com os demais processos operacionais e gerenciais da instituição é um dos principais objetivos da logística integrada. Essa novidade surgiu da demanda de otimização das ações, considerando o aumento da competitividade entre as companhias e as exigências dos clientes, que estão cada vez mais entendidos dos seus direitos.

      Com isso, tornou- se necessário a aplicação de técnicas e de mecanismos que permitem o aperfeiçoamento dos resultados por meio da simplificação das atividades, de modo que a logística passou a exercer um papel fundamental na dinamização da rotina dos negócios.

      As vantagens da logística integrada são diversos, como a minimização de custos, aumentos da produtividade e o aperfeiçoamento da relação com os públicos estratégicos.

      Quais são as vantagens da otimização da logística nessa indústria?

      O setor farmacêutico tem crescido muito no Brasil, assim, a competitividade e os desafios que têm aparecido no mercado são proporcionais à sua dimensão. As empresas que desejam se destacar e atingir bons resultados precisam aguentar a pressão da concorrência, satisfazer a demanda dos clientes e atender as exigências definidas pela lei, e isso pode ser obtido por meio da otimização da logística. Além disso, ela pode propiciar outros benefícios, como:

      • manutenção do padrão de excelência em todas as condutas operacionais e gerenciais.
      • garantia de que os produtos farmacêuticos cumpram sua finalidade principal, que é a de promover a saúde e a qualidade de vida;
      • aumento da produtividade;
      • redução dos custos.

      Como você pôde perceber, a logística na indústria farmacêutica é essencial para garantir a qualidade dos serviços prestados, controle do estoque e garantir uma boa experiência aos clientes. Ou seja, é uma excelente forma de encontrar um diferencial competitivo e alcançar o sucesso esperado.

      Quer contar com uma tecnologia que possa ajudar nessa otimização? Entre em contato conosco e conheça nossas soluções!

      Por:
      eSales
      do autor

      Comentários sobre este post