Entenda a importância da logística reversa para uma empresa

164815-entenda-a-importancia-da-logistica-reversa-para-uma-empresa

O acúmulo e excesso de resíduos nas cidades é uma questão que demanda soluções urgentes. Por isso, em 2010 foi aprovada a Política Nacional de Resíduos Sólidos, que convida empresas a se responsabilizarem por todo o ciclo dos artigos que produzem.

Para auxiliar as instituições a superar esse desafio, a logística reversa é um caminho necessário. Porém, ela não se restringe a esse aspecto. Ao implementar a logística reversa, as empresas logo identificam oportunidades em reduzir custos, ganhar eficiência, oferecer um atendimento superior aos clientes e, sobretudo, conquistar uma vantagem competitiva no mercado.

Muito além de um assunto legal, a logística reversa é uma questão socioambiental importante e também um valioso instrumento de gestão estratégica. Continue a leitura para saber mais sobre o tema, sua importância e por que seu negócio precisa se adaptar a essa tendência. Confira!

O que é a logística reversa?

logística cuida de todo o fluxo de informações e materiais, desde sua produção até sua venda e distribuição. A logística reversa, por sua vez, está relacionada aos processos de pós-venda e atendimento do cliente em casos de trocas, devoluções ou retorno de materiais.

Com a Lei nº 12.305/10, da Política Nacional de Resíduos Sólidos, o objetivo é ir além e responsabilizar as empresas legalmente também pelo descarte dos seus produtos.

Todo produto tem seu ciclo produtivo e, um dia chegará ao fim da sua vida útil. Logo, a logística reversa ganha atribuições de pós-consumo. Por exemplo, fabricantes de refrigerantes e bebidas em geral precisam cuidar da coleta de garrafas plásticas e latas, mesmo após seu descarte.

O trabalho da empresa deve ser, então, se encarregar de recolher esses resíduos e dar um destino ecologicamente correto para eles, seja por meio de desmanche ou reciclagem dos seus componentes.

A questão da legislação

A logística reversa é um conceito que a cada dia ganha mais força em diversas empresas. Contudo, para alguns setores, ela é uma obrigação. Esse é o caso de fabricantes, distribuidores, comerciantes e importadores de:

  • pilhas e baterias;
  • pneus;
  • agrotóxicos;
  • óleos lubrificantes, bem como seus resíduos e embalagens;
  • lâmpadas fluorescentes, de vapor de sódio e mercúrio e de luz mista;
  • produtos eletroeletrônicos e seus componentes.

Assim, uma empresa que produz celulares deve incluir nos seus processos estratégias referentes ao recolhimento dos seus produtos — bem como embalagens e componentes ligados a eles. Para fazer isso acontecer, práticas comuns são a criação de postos oficiais de coleta ou parcerias com cooperativas.

Qual a importância da logística reversa?

Além das questões socioambientais, a logística reversa é uma atividade essencial para o funcionamento de diversos negócios. No comércio eletrônico, os processos de trocas e devoluções devem ser muito bem alinhados e estruturados, uma vez que o consumidor tem, por lei, o direito de se arrepender da compra e solicitar a coleta do produto e a remessa de um novo.

Já a indústria farmacêutica se apoia em boas práticas de logística reversa a fim de ter mais flexibilidade para lidar com a questão da validade dos medicamentos. Muitos perdem a validade e são descartados de maneira incorreta, quando poderiam ser reaproveitados nas etapas de fabricação.

Outro bom exemplo do potencial da logística reversa é a construção civil. Grande parte do material de descarte como areia, madeira e pregos pode ser reciclado e recolado para uso no mercado.

Como vimos, a logística reversa apresenta ótimas oportunidades e benefícios para instituições de diferentes segmentos. Confira alguns fatores que fazem dela uma aliada dos negócios.

Reduzir custos

Processos otimizados viabilizam a redução com gastos operacionais. Além disso, o reaproveitamento da matéria-prima coletada também estimula a economia.

E mais: uma logística reversa de qualidade e estruturada conta com etapas de transporte automatizadas  com base em rotas planejadas para realizar entregas e coletas, o que minimiza os gastos com o frete.

Viabilizar a automação

A logística reversa é bem-sucedida em parceria com sistemas de automação. No caso de pedidos de trocas, avarias ou devoluções, softwares qualificados facilitam a gestão dos processos de coleta, transporte, manuseio e processamento dos materiais recolhidos por meio de ações como o planejamento de rotas, controle do fluxo de informações e informatização das atividades industriais.

O uso da tecnologia para a coordenação das etapas da logística reversa contribui com a economia de tempo e redução de custos operacionais e de frete. Além disso, o atendimento se torna mais rápido e eficaz, o que favorece o aumento da satisfação do cliente.

Inovar

Gigantes do mercado estão aderindo à logística reversa e com ela repensando a forma de produzir, distribuir seus produtos, atrair clientes e promover sua marca.

Nesse contexto, não faltam exemplos de formas criativas de como reaproveitar materiais e revisar embalagens, entre outras ideias. Logo, incorporar a logística reversa na sua empresa é divulgar sua capacidade de inovação e conexão com o futuro.

Aperfeiçoar processos de produção

Se um produto apresenta uma taxa de devolução ou descarte alta — o que também resulta em clientes insatisfeitos —, isso significa que algo pode ser melhorado no seu processo de fabricação para que tenha mais qualidade e vida útil prolongada.

Como aplicar a logística reversa com qualidade no meu negócio?

Conheça algumas etapas básicas para implantar a logística reversa na sua empresa e oferecer um atendimento de excelência para seu consumidor.

Crie uma política de devoluções e trocas

Se quiser devolver ou trocar um item, o cliente deve saber exatamente o que fazer. Por isso, é preciso elaborar as regras — como condições e prazos, entre outras — que o usuário terá que seguir, caso essa situação aconteça, respeitando as leis dos direitos do consumidor.

Elabore um protocolo para devoluções e trocas

Agora, que seu cliente está bem informado, sua equipe também deve dominar os procedimentos corretos a fim de realizar esse atendimento da melhor forma. O protocolo contém informações para orientar os colaboradores sobre como cuidar de um caso de troca ou devolução.

Assegure o controle financeiro e de estoque

Em alguns casos de devolução, o cliente tem direito a receber um reembolso pela compra. Na ocasião de uma troca, ele solicita o envio de um novo produto. Essas situações sublinham a importância do controle financeiro e do estoque, para que a empresa possa ressarcir o consumidor sem que isso a afete economicamente ou desfalque o estoque.

Softwares de gestão, como ERP’s , são indispensáveis nesse momento, pois permitem o controle e a integração de um grande volume de informações vindas de diferentes departamentos da empresa. Assim, a instituição pode acompanhar seus níveis de estoque em conjunto com o número de trocas e se programar melhor.

A logística reversa tem um papel fundamental para reduzir impactos negativos no nosso planeta. Ao mesmo tempo, sua empresa tem muito a lucrar ao aderir a essa iniciativa. Cabe a você considerar essa estratégia e se surpreender com os resultados!

Para continuar sempre por dentro das novidades e crescer cada vez mais com sua empresa, siga nossos perfis nas redes sociais (Facebook , Linkedin) para acompanhar todo o nosso conteúdo!