Otimize a relação com seus fornecedores e qualifique suas operações de Logística Inbound, com organização e agilidade a partir da automatização de processos relacionados com recebimento de carga.

Acompanhe indicadores de desempenho logístico e eleve o nível de suas operações de Logística Outbound com a integração de processos e automatização da troca de informações para maior visibilidade e eficiência de sua gestão.

Obtenha dados de suas vendas no varejo e de distribuidores para aumentar vendas, reduzir rupturas e perdas com informações compartilhadas para estruturar seus processos e auxiliar seu gerenciamento.

Aumente a sua demanda de transportes e seja encontrado por Embarcadores de todo o país.

Facilite a comunicação entre sistemas de gestão e diferentes bancos por meio da transferência de arquivos de forma ágil, íntegra e segura.

    Um sistema capaz de atender os processos de negócios de seus clientes empresariais sem necessitar o investimento em desenvolvimento de sistemas internos.

    O PagPlan é uma solução que permite o pagamento das principais contas de concessionárias (como água, luz, gás, etc.) e DETRANs: utilizando o cartão de crédito como meio de pagamento.

      O EDI Business é uma solução altamente customizável para gestão operacional e estratégica de arquivos.

      O EDI Enterprise oferece uma infinidade de recursos de intercâmbio de informações baseado em um conjunto de regras de envio e recepção, múltiplos protocolos de comunicação, além de topologia altamente flexível.

      Inovação e tecnologia aplicados a emissão, recebimento e armazenamento de documentos fiscais eletrônicos.

      Tecnologia para conectar transportadoras e embarcadores com inteligência e compliance.

      Blog

      Logística Inbound

      Logística 4.0: veja os principais desafios enfrentados pelo setor

      2 semanas atrás - por:

      logística 4.0

      A Logística 4.0 é considerada uma consequência da Indústria 4.0. Uma tendência dos dias de hoje é a redução na chamada produção em larga escala, que mesmo vigorando por bastante tempo, tem-se tornado obsoleta. Isso porque as empresas estão buscando focar mais nas necessidades dos clientes, e isso tem implicado, entre outras coisas, na redução do uso de certos insumos e otimização de processos com base na tecnologia.

      Se a sua empresa deseja estar no mesmo nível ou até mesmo um passo acima dos concorrentes, é fundamental estar atento à Logística 4.0. Ao longo do texto, vamos explicar o conceito, apontando o que ele trouxe de novo, bem como suas vantagens e desvantagens. Continue lendo!

      O que é a Logística 4.0?

      Basicamente, a Logística 4.0 consiste na transformação digital aplicada às atividades do setor, como estoque e transporte. Reforçando o que falamos no início, usa-se muito soluções tecnológicas, com o intuito de automatizar processos e agilizar atividades que antes eram fonte de ineficiência para o setor. Além disso, as pessoas são muito importantes nesse sentido, sendo fundamental que estas tenham uma boa expertise nos negócios, pois um software de gestão sozinho é necessário, mas não suficiente.

      O que ela trouxe de novo?

      Antes, as atividades logísticas em geral lidavam com estoques lotados e gerenciamento manual, por meio de planilhas. Neste cenário, existem muitos gargalos, sendo um dos principais deles o Lead Time elevado, tornando o setor pouco competitivo nos dias atuais. Dentre as muitas inovações trazidas pela Logística 4.0, as principais delas são:

      • Big Data: conceito relacionado a um grande volume de dados a ser transformado em informação e conhecimento para os negócios;
      • Internet das Coisas: consiste no uso de sensores em equipamentos e máquinas, por exemplo, de modo a coletar dados que serão aproveitados de diversas formas;
      • Inteligência Artificial: são algoritmos projetados para se comportar de modo parecido com o ser humano, sendo útil, por exemplo, na automatização de rotinas.

      Quais as suas vantagens ?

      Considerando que a Logística 4.0 é uma abordagem centrada no cliente, um dos benefícios que podemos citar é a redução de perdas. Na prática, os softwares e tecnologias adotadas fornecem relatórios em tempo real sobre insumos, por exemplo, ajudando na otimização contínua das quantidades empregadas e, consequentemente, nos custos.

      Quais os desafios?

      Uma desvantagem e ao mesmo tempo um desafio da Logística 4.0 é que ela tende a ser pouco efetiva em certas empresas. Se estas não tiverem uma cultura voltada para a tecnologia e uso de dados, por exemplo, os colaboradores não saberão tirar o máximo proveito das soluções adotadas.

      Outro desafio a ser citado é que alguns estoques ainda estão com excesso de produtos. Por consequência, é muito provável que os seus Centros de Distribuição não tenham uma comunicação adequada, levando a erros operacionais que podem aumentar o número de mercadorias devolvidas pelos clientes, por exemplo.

      A Logística 4.0 é uma consequência da quarta revolução industrial. De fato, ela traz muita inovação e melhorias ao setor, desde que as empresas estejam preparadas para essa transformação digital. Por ser uma abordagem centrada no cliente, exige do negócio uma mudança de mentalidade, principalmente em relação ao aproveitamento dos seus dados, transformando-os em informação e conhecimento relevante.

      Se este artigo aumentou os seus conhecimentos sobre a Logística 4.0, compartilhe nas redes sociais para que mais pessoas possam conferir!

      Por:
      eSales
      do autor

      Comentários sobre este post