Otimize a relação com seus fornecedores e qualifique suas operações de Logística Inbound, com organização e agilidade a partir da automatização de processos relacionados com recebimento de carga.

Acompanhe indicadores de desempenho logístico e eleve o nível de suas operações de Logística Outbound com a integração de processos e automatização da troca de informações para maior visibilidade e eficiência de sua gestão.

Obtenha dados de suas vendas no varejo e de distribuidores para aumentar vendas, reduzir rupturas e perdas com informações compartilhadas para estruturar seus processos e auxiliar seu gerenciamento.

Aumente a sua demanda de transportes e seja encontrado por Embarcadores de todo o país.

Facilite a comunicação entre sistemas de gestão e diferentes bancos por meio da transferência de arquivos de forma ágil, íntegra e segura.

    Um sistema capaz de atender os processos de negócios de seus clientes empresariais sem necessitar o investimento em desenvolvimento de sistemas internos.

    O PagPlan é uma solução que permite o pagamento das principais contas de concessionárias (como água, luz, gás, etc.) e DETRANs: utilizando o cartão de crédito como meio de pagamento.

      O EDI Business é uma solução altamente customizável para gestão operacional e estratégica de arquivos.

      O EDI Enterprise oferece uma infinidade de recursos de intercâmbio de informações baseado em um conjunto de regras de envio e recepção, múltiplos protocolos de comunicação, além de topologia altamente flexível.

      Inovação e tecnologia aplicados a emissão, recebimento e armazenamento de documentos fiscais eletrônicos.

      Tecnologia para conectar transportadoras e embarcadores com inteligência e compliance.

      Blog

      Logística Outbound

      Descubra como funciona o rastreamento de produtos e suas vantagens!

      1 ano atrás - por:

      rastreamento de produtos

      Para a indústria, saber onde a mercadoria está e se ela chegará em segurança até o destino final são fundamentais. A logística é uma área que requer bastante planejamento, pois a eficiência das operações será decisiva na hora de promover a satisfação dos clientes que realizam os pedidos. Nesse sentido, o rastreamento de produtos contribui bastante para que a indústria alcance esse objetivo.

      Vale destacar que o uso da tecnologia tornou-se indispensável na operação logística, sendo que as análises de dados e automações podem trazer melhorias significativas. Se você deseja aprofundar os seus conhecimentos sobre o tema, leia o post e veja como funciona o rastreamento de produtos e as vantagens que ele oferece ao gestor de Supply Chain e a toda a empresa!

      O que é o rastreamento de produtos

      A rastreabilidade busca saber em qual ponto se encontra o produto na cadeia logística, o que constitui um diferencial importante no controle de qualidade.

      Quando um produto é rastreado, são levantadas informações como a sua origem, destino e localização atual. Uma das técnicas de rastreamento mais usadas é a radiofrequência, que é composta por ondas eletromagnéticas.

      Dessa forma, não há a necessidade de usar um meio de propagação para essas ondas. Outras duas formas de rastrear é por M2M/GSM e satélite. No primeiro se dá através de antenas de telefonia, já o segundo utiliza uma rede de satélites que recebe a informação sobre a localização da mercadoria. No entanto, essa abordagem tem a desvantagem de não prover dados em tempo real.

      Quanto mais eficaz a técnica de rastreamento de produtos, mais ficará satisfeito o consumidor com sua compra e com a empresa. Isso significa que o rastreamento de produtos pode ajudar na tão almejada fidelização.

      O código de rastreamento de produtos

      O código de rastreamento de produtos consiste em um conjunto de 13 dígitos. O site dos Correios e das empresas que realizam o transporte permitem essa consulta, sendo necessário que o usuário tenha o código de rastreamento, que é enviado por e-mail pelo vendedor ou prestador de serviços.

      O acompanhamento dos itens até o endereço de destino

      Cinco horas depois que o site da loja contata o cliente, as informações passam a estar disponíveis no site dos correios. Primeiro, o sistema informa que a postagem foi feita na unidade específica da cidade de origem. O código também permite saber quais outras unidades houve a postagem da mercadoria, em caso de entregas interestaduais. Os três possíveis status da mercadoria são: “Saiu para entrega”, “Entregue” e “Destinatário ausente”.

      Empresas de transporte geralmente utilizam o número do CPF do destinatário para realizar o rastreamento de produtos nos sites. A vantagem do da rastreabilidade efetuada por empresas de transporte é que o cliente não fica sujeito a imprevistos como greves, que atrasam a entrega do produto.

      A indústria que deseja fazer envios por meio de transportadora ou frota própria pode integrar um sistema de rastreamento ao seu negócio (seja ele uma loja virtual, uma loja física, uma empresa de qualquer segmento ou mesmo uma indústria. O importante é contar com um site que permita ao cliente o acesso fácil às informações de rastreamento).

      O código de barras de produtos

      O código de barras também pode ser usado como código de rastreamento de produtos, já que se trata de um número exclusivo de determinado produto. Ele também é aproveitado para o gerenciamento interno de armazém/estoque e para a expedição de mercadorias que serão enviadas ao cliente por meio de transporte.

      Entre os códigos de barras mais usados estão o EAN-13 (composto por 13 dígitos) e o ITF-14 (usado em embalagens de entrega).

      Quais as vantagens do rastreamento de produtos?

      Agora que você entendeu melhor como funciona o rastreamento de cargas, acompanhe as subseções a seguir e conheça as suas principais vantagens!

      Agilidade nas entregas

      A agilidade está diretamente relacionada com as rotas que foram escolhidas para o transporte da mercadoria. O rastreamento permite que o contratante da indústria tenha informações detalhadas sobre a localização da mercadoria, de modo que ele obtém uma estimativa bastante razoável de quando receberá a sua encomenda. Um dos detalhes que os clientes têm acesso é em relação à quantidade de paradas que o condutor do veículo fez, seja para descanso ou algum procedimento de fiscalização, por exemplo. Além disso, em caso de atraso ou quaisquer outros problemas, o consumidor é notificado quanto ao novo prazo de entrega da mercadoria.

      Otimização dos roteiros

      Outro benefício fundamental do rastreamento de cargas é a otimização das rotas, que faz parte de todo um planejamento da empresa na hora de determinar o melhor caminho até que o produto chegue ao seu destino. Isso porque vários fatores devem ser considerados, como a existência de obras e estradas com grande incidência de buracos.

      Em outras palavras, essa otimização tem por objetivo equacionar todas as variáveis e mostrar o melhor caminho, mesmo se ele for aparentemente mais longo, mas será a certeza de que o percurso será feito de forma segura.

      Controle da entrega

      Várias situações podem ocorrer durante o trajeto de uma mercadoria até o destino. O rastreamento permite o acompanhamento em tempo real de todas as informações, de modo a poder identificar, por exemplo, extravios de carga, acidentes e congestionamentos. Em caso de sinistro, medidas podem ser tomadas rapidamente, como o acionamento da polícia, no intuito de recuperar o produto roubado e não prejudicar consideravelmente o tempo de entrega até o cliente final.

      Prevenção de erros

      A logística industrial tem que ser a mais eficiente possível, pois o menor descuido pode fazer com que o cliente deixe de fechar negócio. Para mitigar esse problema, o rastreamento de carga realiza o gerenciamento da viagem de forma proativa, no intuito de identificar possíveis fontes de erros. Uma situação que pode acontecer, por exemplo, é a necessidade de mudança na rota, em virtude de algum acidente ou trecho em obras que antes não havia no momento do mapeamento das rotas.

      Segurança da mercadoria e do condutor

      Roubos de carga são frequentes no Brasil, representando prejuízos bilionários para a indústria. Por isso, o uso de rastreadores nos veículos ajuda a saber a sua localização exata, de modo que, em caso de mudança na rota, pode ser sinal de que houve um roubo. Portanto, tanto o motorista como a mercadoria passam a ter uma segurança adicional quando a indústria adota o rastreamento de cargas.

      Diferencial competitivo

      Mesmo que muitas indústrias já adotem o rastreamento de cargas, é possível obter diferenciais competitivos, a depender da tecnologia de rastreamento empregada. Por isso, é sempre importante consultar quais as melhores soluções do mercado, de modo a prover o máximo de monitoramento, agilidade e eficiência na hora de transportar mercadorias.

      A tecnologia desenvolvida para o rastreamento de produtos

      Os veículos de transporte são equipados com rastreadores que permitem fazer o acompanhamento da carga em sua rota de entrega. O rastreamento com o uso de GPS é o mais corriqueiro. O sistema GPS é formado por diversos satélites que circundam a Terra e emitem ao mesmo tempo sinais que possibilitam a adequada identificação da posição do veículo.

      O rastreador recebe essas informações e transmite todas elas para a central de atendimento da empresa por meio de tecnologias como GSM (dispositivos móveis) e GSPR (tecnologia por rádio que aumenta a taxa de transferência de dados entre os dispositivos móveis, tornando mais fácil a comunicação e o acesso à rede).

      A central de atendimento pode, assim, transmitir informações sobre a carga em tempo real aos clientes.

      A identificação por radiofrequência (RFID) também é usada, junto do GPS, para o rastreamento de produtos. A RFID permite identificar a posição do veículo mesmo em espaços fechados e cobertos, pois não depende de satélites, localizando a carga por meio de sinais de rádio.

      Ela apresenta resistência à interferência de jammers (aparelhos utilizados para bloquear os sinais de celulares e rastreadores), apresentando um índice de recuperação de carga que alcança o percentual de 80%.

      A tecnologia RFID dispensa fios e pode identificar a distância qualquer objeto, recuperando informações sobre ele e armazenando-as em um dispositivo chamado tag. Já existem etiquetas de RFID que são colocadas em produtos e embalagens no lugar do código de barras ou junto dele. Tal como o código de barras, a RFID também requer um dispositivo de leitura.

      Com uma boa tecnologia de monitoramento e rastreamento de produtos, a indústria conta com informações 24 horas sobre o veículo, o motorista e a carga. Essas informações, depois de passadas à central de atendimento, são transmitidas pela internet, permitindo que os clientes finais fiquem a par da situação de entrega de suas encomendas.

      Como vimos ao longo do artigo, o rastreamento de produtos proporciona várias vantagens, tanto do lado da indústria como da empresa responsável pelo envio de mercadorias. Nesse sentido, o uso da tecnologia é fundamental para prover os melhores resultados, e nós da eSales trabalhamos com soluções que prezam pela máxima eficiência de toda a parte logística da empresa, de modo a promover rastreabilidade e segurança aos nossos clientes.

      Gostou do artigo e deseja saber como a eSales pode ajudar o seu negócio? Entre em contato conosco e fale com um de nossos atendentes!

      Por:
      eSales
      do autor

      Comentários sobre este post